ASSINE

Após empate, Vila Nova mira primeira vitória na Série A2 do Brasileiro

O técnico Luciano Tadino ficou satisfeito com o rendimento de sua equipe diante do Real Brasília, mas destacou o que precisa melhorar para o próximo jogo

Rede Gazeta
Publicado em 27/10/2020 às 11h52
Luciano Tadino gostou do rendimento de sua equipe, mas agora quer a primeira vitória na Série A-2 do Brasileirão Feminino
Luciano Tadino gostou do rendimento de sua equipe, mas agora quer a primeira vitória na Série A-2 do Brasileirão Feminino. Crédito: Marlyson Tadino/Vila Nova

Após sete meses sem jogar por conta da pandemia de Covid-19, o Vila Nova retornou aos gramados para disputar a Série A2 do Campeonato Brasileiro Feminino. No último domingo (25), o time capixaba foi até o Distrito Federal e empatou em 0 a 0 com o Real Brasília, em partida válida pela segunda rodada da competição nacional. Em seu primeiro jogo no torneio, ainda em março, a equipe ficou no empate sem gols com o Atlético-MG.

Nesta segunda-feira (26), o técnico Luciano Tadino destacou que a equipe correspondeu de forma positiva a este retorno, uma vez que estava há sete meses sem jogar. "Dentro do contexto que trabalhamos nos treinos, e contando com a baixa umidade do ar de Brasília, as atletas corresponderam bem durante o jogo. Nossa maior preocupação era com a parte física, mas, apesar do clima seco, conseguimos manter o nível físico das atletas", pontuou. 

O treinador também ressaltou que para o próximo jogo, a troca de passes pode melhorar, bem como as finalizações, que podem ser mais eficazes. A zaga, que ainda não sofreu gols na competição é o ponto forte até aqui. “As atletas estão entrosadas e isso tem facilitado muito o jogo”. 

Tadino acredita que é possível brigar pela liderança do Grupo E, no qual o Vila Nova divide a terceira colocação com o Real Brasília, com dois pontos, enquanto o líder Botafogo soma quatro. “Estamos na 'chave da morte' da competição, uma chave difícil e pesada, mas nada está fechado, a liderança segue aberta. Nosso próximo adversário está na lanterna, mas é uma equipe de muita qualidade e super bem treinada”, completa. 

No próximo domingo (01), o Vila Nova volta a campo pela Série A2 do Brasileirão. A equipe receberá o Goiás, no Kleber Andrade, às 15h, em jogo válido pela terceira rodada da competição.

* Maiara Dal Bosco é aluna do 23º Curso de Residência em Jornalismo da Rede Gazeta e foi supervisionada pelo editor Filipe Souza.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.