ASSINE
Vista do Mestre Álvaro
Vista do Mestre Álvaro. Crédito: Divulgação/ PMS

Serra celebra 465 anos com vocação para inovar

Município comemora trajetória com investimentos em ferramentas tecnológicas para criar soluções e também melhorar a qualidade de vida dos cidadãos

Tempo de leitura: 3min
  • Prefeitura da Serra

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 07/12/2021 às 20h04

Um município com raízes fincadas na cultura de diferentes povos, na pesca, no congo, na resistência e que caminha a passos largos rumo a uma cidade cada vez mais humana, inteligente, criativa e sustentável, sem esquecer suas origens. Essa é uma das características da Serra, que celebra 465 anos no dia 8 de dezembro, Dia de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do município mais populoso do Estado.

Dotada de patrimônios culturais e naturais, a cidade, que possui várias paisagens encantadoras, é também uma das seis smart cities, ou cidades inteligentes, do Espírito Santo. Os investimentos em tecnologia e na qualidade de vida de seus habitantes neste ano fizeram com que a Serra entrasse recentemente no Ranking Connect Smart Cities, ao lado de Vitória, Vila Velha, Linhares, Cachoeiro de Itapemirim e Colatina.

SERVIÇOS DIGITAIS

Fonte de desenvolvimento econômico, expressiva nos polos industriais e também focada no empreendedorismo, a Serra tem a meta de, até 2023, informatizar todos os serviços da administração municipal, que já conta com aproximadamente 80 deles no ambiente digital. Segundo o prefeito Sergio Vidigal, neste mês de dezembro, a prefeitura também vai implementar uma ferramenta chamada Colab.

“Ela permitirá que todos os serviços possam ser solicitados pela população por meio do smartphone, desde o licenciamento para uma incorporação até o pedido para trocar uma lâmpada, tapar um buraco, além de avaliar o trabalho da prefeitura”, explica o prefeito.

Segundo Vidigal, as ferramentas tecnológicas ajudaram o município a atrair mais investimentos e, consequentemente, mais empregos para a cidade. Com a redução da burocracia na aprovação de projetos, foram abertas, de janeiro até o mês de outubro, 1.249 empresas no município, que lidera o ranking da geração de empregos no Espírito Santo, com mais de 9 mil novos postos de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

“Isso é motivo de muito orgulho para nós, que estamos trabalhando arduamente para estreitar ainda mais a comunicação com os moradores. Queremos que a Serra se torne um lugar melhor não apenas para se investir, mas também para se viver”, afirma o prefeito.

O vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Espírito Santo (Sinduscon-ES), Aristóteles Passos Costa Neto, ratifica que o investimento em digitalização feito pela Prefeitura da Serra foi um avanço grande, já que tirou do papel o protocolo, a análise e aprovação de projetos e licenciamentos de obras, dando celeridade ao processo.

“Foi um passo importantíssimo para a área da construção civil. Com isso, a tramitação ganhou agilidade, rapidez, transparência e mais segurança, sem contar a eliminação de papel, uma atitude sustentável. Esse processo de digitalização e de desburocratização dos serviços públicos é uma tendência mundial”, ressalta Aristóteles.

Aristóteles Passos, vice-presidente do Sinduscon-ES
Aristóteles Passos, vice-presidente do Sinduscon-ES, destaca que  o investimento em digitalização feito pela Prefeitura da Serra foi um avanço grande para o setor. Crédito: Sinduscon-ES/ Divulgação

Para garantir ainda mais qualidade de vida aos moradores, a mobilidade urbana também é uma prioridade da administração municipal. “Pretendemos investir cerca de R$ 250 milhões na área nos próximos três anos. Vamos fazer ligações entre bairros e regiões importantes, isso vai criar novos polos de desenvolvimento para a cidade. Vamos ligar Serra-Sede a Jacaraípe e construir um binário em Jardim Limoeiro, que vai transformar um trecho da Norte-Sul em mão única. Também está em processo de licitação a ligação da BR 101 a Civit, passando por Cidade Pomar. São obras de grande porte e muito importantes para a cidade”, acrescenta Vidigal.

LEIA ABAIXO A REVISTA ESPECIAL - SERRA 465 ANOS:

FAÇA ABAIXO O DOWNLOAD DA VERSÃO EM PDF DA REVISTA ESPECIAL - SERRA 465 ANOS:

Revista Serra - 465 anos

Município apresenta trajetória de realizações e, de olho no futuro, investe em inovação

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Serra Prefeitura da Serra serra Inovação

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.