ASSINE

Quais os caminhos para se tornar o melhor em sua área e empreender

Em um país em que cada vez mais as pessoas decidem abrir o próprio negócio, como se destacar e se tornar referência? Especialistas dão dicas

  • Senac-ES

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 08/10/2021 às 12h01
Antes de empreender, é preciso desenvolver a bagagem necessária para se abrir um negócio que, muitas vezes, está além do conhecimento técnico.
Antes de empreender, é preciso desenvolver a bagagem necessária para se abrir um negócio que, muitas vezes, está além do conhecimento técnico. Crédito: Jefferson Rocio/Senac ES/Divulgação

A possibilidade de abrir um negócio, fazer os próprios horários e gerar renda atrai muitos brasileiros. Em 2021, segundo o Mapa de Empresas do Ministério da Economia, Microempreendedores já respondiam por mais da metade (56,7%) dos negócios em funcionamento no país.

Mas em um momento em que cada vez mais as pessoas decidem empreender, como se destacar e se tornar referência? A resposta pode estar na dedicação e no estudo, conforme explica a gerente de Educação Profissional do Senac no Espírito Santo, Ellen Cometti.

“Para empreender é preciso ter um preparo com responsabilidade de carga de trabalho, biossegurança, precificação. As pessoas podem achar que é fácil querer se livrar das horas de trabalho tradicionais, mas empreender é tão trabalhoso quanto ter horário de trabalho, às vezes até mais”, pontua.

Antes de tudo, aponta a pedagoga, é preciso desenvolver a bagagem necessária para se abrir um negócio que, muitas vezes, está além do conhecimento técnico. Características como ética, profissionalismo, respeito, disciplina e organização são pontos importantes para ter sucesso em qualquer área de atuação. Assuntos que são tratados na educação profissional do Senac-ES.

“A educação profissional tem uma capacidade de mudar vidas. O aluno consegue uma profissão, consegue entrar no mercado, e a gente procura formar um profissional com toda bagagem necessária. Nossa metodologia consegue trazer um indivíduo mais completo”, explica.

E mais do que isso, ressalta a gerente, quem se destaca no mercado são aqueles que não param de se atualizar e reciclar o aprendizado. Para isso, a instituição cria um itinerário de estudo continuado para os alunos.

ENCONTRE O PORQUÊ

Gerente de Comunicação e Marketing do Senac ES, Leonardo Davel explica que o primeiro passo para abrir um negócio é se qualificar.
Gerente de Comunicação e Marketing do Senac ES, Leonardo Davel explica que o primeiro passo para abrir um negócio é se qualificar. Crédito: Senac ES/Divulgação

Buscar uma qualificação que acrescente em todos esses aspectos é primordial, aponta o gerente de Comunicação e Marketing do Senac ES, Leonardo Davel. O especialista aponta que não há espaço no mercado para amadorismo.

“O primeiro passo é se qualificar. Não adianta começar negócios sem qualificação. No Senac trabalhamos competências técnicas e outras que o mercado exige, como criatividade, visão crítica, atitude empreendedora, foco nos resultados”, ressalta.

O segundo ponto, segundo ele, é ter uma motivação que seja o diferencial. Em um mar de empreendedores que buscam os ganhos financeiros, é preciso ter um “porquê” que diferencie a marca.

“Às vezes, é fácil saber o que uma empresa vende e como vende. A grande questão é saber qual é o diferencial, qual é o motivo. Aqui no Senac, por exemplo, nós oferecemos cursos presenciais ou a distância. Mas o nosso motivo não é o lucro. Nosso “porquê” é colocar os alunos em evidência no mercado de trabalho”, aponta.

Desenvolvidos os conhecimentos técnicos, emocionais e motivacionais para o negócio, uma boa dica é abusar da tecnologia para se destacar e fazer pesquisas de mercado para conhecer os concorrentes.

ÁREAS EM ALTA

Leonardo ressalta que a procura por cursos profissionalizantes tem crescido e, entre as áreas, destacam-se as qualificações em saúde, beleza e gastronomia.

“Essa informação leva como base os dados de matriculados na instituição que encontram um lugar no mercado ou abrem o próprio negócio. Isso porque mesmo um curso simples, como o de design de cílios, tem um retorno de renda quase imediato”, aponta.

CASE DE SUCESSO

Cansados de trabalhos tradicionais, Lucas Martins da Silva e André Sopon Pereira se inspiraram na prática de carrinhos que vendem drinques nas praias do Nordeste e da Europa e inovaram em terras capixabas.
Cansados de trabalhos tradicionais, Lucas Martins da Silva e André Sopon Pereira se inspiraram na prática de carrinhos que vendem drinques nas praias do Nordeste e da Europa e inovaram em terras capixabas. Crédito: Arquivo Pessoal

O negócio de Lucas Martins da Silva, de 28 anos, e André Sopon Pereira, 44, parece confirmar que as dicas funcionam. Formados no curso de Bartender do Senac em 2020, após frustrações profissionais durante a pandemia, a dupla iniciou um novo negócio que vende drinques em uma praia da Capital capixaba aos sábados, domingos e feriados.

“Nos conhecemos em São Paulo pouco antes da pandemia começar. Após algumas frustrações, decidimos nos reinventar profissionalmente. Juntamos nossas economias para iniciarmos uma função nova e veio a ideia de fazer um curso de Bartender no Senac para nos aperfeiçoarmos e conseguirmos um emprego na área. Só que a vida foi nos levando para outro caminho”, relatam.

Os dois estavam cansados de trabalhos tradicionais e se inspiraram na prática de carrinhos que vendem drinques nas praias do Nordeste e da Europa. Só que, para se destacar, o casal apostou na junção da arte e da cultura.

“Entendemos que a cultura, o conhecimento, é o verdadeiro luxo. Logo, a arte é porta de entrada para o questionamento, onde visitamos o lúdico, onde nos reconhecemos. Ser referência exige a entrega de um serviço de qualidade, bom atendimento e novas possibilidades de criação para fugir do senso comum, trazer experiências novas para estar em um lugar autêntico, vivendo nossa verdade”, apontam.

Assim, os dois batizaram drinques com nomes de filmes, músicas e vilãs da TV conhecidas do público. Quem passa pela praia da Curva da Jurema pode pedir um Nazaré Tedesco, um Odete Roitman, um Meninas Malvadas ou mesmo um La Belle de Jour.

Com cardápio digital por QR Code e uma presença nas redes sociais, o Babado Bar chamou a atenção da imprensa e, após poucos meses, começou a se tornar lucrativo para os empreendedores.

“O rendimento do Babado Bar nos ajudou a pagar os investimentos iniciais como montagem, materiais de trabalho, e hoje paga a reposição de mercadorias, contas das despesas pessoais e lazer durante dias de folga. Ainda compramos um carro para nos auxiliar nesse empreendimento, que ainda estamos pagando, mas as parcelas estão em dia graças ao Babado”, conta.

SAIBA MAIS SOBRE OS CURSOS DO SENAC

CURSOS TÉCNICOS

Com até um ano e meio de duração, o Senac oferece os seguintes cursos técnicos:

  • Administração
  • Design de Interiores
  • Enfermagem
  • Estética
  • Eventos
  • Hospedagem
  • Informática
  • Informática para internet
  • Logística
  • Recursos Humanos
  • Saúde Bucal
  • Segurança do trabalho

Entre os pré-requisitos estão ter mais de 16 anos e ensino médio completo, ou estar estudando a partir do 2º ou 3º ano, dependendo do curso escolhido. Veja os critérios de cada área neste link.

CURSOS PROFISSIONALIZANTES

De menor duração, o Senac oferece cursos profissionalizantes e ações extensivas, com cargas horárias que variam de até 08h até 400h. São centenas de cursos nas áreas de:

  • Beleza
  • Administração e Negócios
  • Meio ambiente e Segurança
  • Turismo e Hospitalidade
  • Design
  • Gastronomia
  • Comunicação
  • Informática
  • Conservação e Zeladoria
  • Moda
  • Saúde

Confira as opções de cursos, valores e critérios neste link.

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.