ASSINE

Presidente Kennedy vai receber R$ 10 bi de investimentos em cinco anos

Porto Central, IBC Brasil e Usina Monte Belo são alguns dos grandes empreendimentos atraídos para a cidade, que conta com lei de incentivo fiscal de destaque no Espírito Santo

Tempo de leitura: 3min
  • Prefeitura de Presidente Kennedy

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 20/06/2022 às 15h59
Apenas no Porto Central, por exemplo, são R$ 6 bilhões previstos, sendo R$ 2,5 bi na fase inicial.
Apenas no Porto Central, por exemplo, são R$ 6 bilhões previstos, sendo R$ 2,5 bi na fase inicial. . Crédito: Divulgação

O ambiente favorável de negócios tem atraído os olhares de cada vez mais investidores para Presidente Kennedy. Nos próximos cinco anos, a expectativa é que a cidade receba mais de R$ 10 bilhões entre empreendimentos privados e públicos.

Apenas no Porto Central, por exemplo, são R$ 6 bilhões previstos, sendo R$ 2,5 bi na fase inicial. Trata-se de um porto de águas profundas com até 25 metros de profundidade, capaz de receber navios de grande calado, como os Valemax e VLCC’s – Very Large Crude Oil Carrier.

“Este é um empreendimento muito importante não apenas para a cidade de Presidente Kennedy, como para todo o Espírito Santo e a logística portuária do Brasil e da América Latina. É uma amostra do potencial de nossa região que será ainda mais fortalecida a fim de atrair novos investidores”, destaca o secretário de Desenvolvimento do município, Flávio Matos.

Foto para conteúdo de marca, favor não usar.
Além de investimentos privados, Presidente Kennedy também está recebendo investimentos públicos, como um novo parque urbano, uma rodoviária e reformas em unidades de saúde. Crédito: Prefeitura de Presidente Kennedy/Divulgação

Este não é o único negócio robusto a se instalar na região. Entre as grandes empresas chegando a Presidente Kennedy estão a IBC Brasil, do ramo de processamento de insumos para perfuração de poços de petróleo; Usina Monte Belo, de industrialização de álcool e açúcar; e a Verona Imobiliária, de loteamento industrial.

O secretário de Desenvolvimento destaca o papel da Lei Municipal de Incentivo na vinda desses e de outros empreendimentos. Segundo ele, a lei é a mais ampla no que se refere à isenção de impostos no Estado. “Este foi um passo fundamental”, comemora.

Ela prevê a redução de 50% sobre o imposto de transmissão; concedido ao requerente no ato do fato gerador; 50% de redução sobre o imposto IPTU; reduz para 2% o imposto ISSQN e pela metade a taxa anual de fiscalização de funcionamento. Além disso, isenta as empresas da taxa de aprovação de projetos, de certidão detalhada, da taxa de habite-se e de localização e funcionamento.

“Veremos em pouco tempo este município abrigar cada vez mais grandes empreendimentos. Estamos apenas no início de uma jovem Lei de Incentivo e das mais modernas do país. Ela oferece um ambiente perfeito para quem deseja se instalar e crescer em nossa região", ressalta Matos.

OBRAS PÚBLICAS NA CASA DOS R$ 3 BI

Foto para conteúdo de marca, favor não usar.
Kennedy também vai receber a pavimentação de estradas interligando o Porto Central e o Distrito Industrial à sede do município e às rodovias. Crédito: Prefeitura de Presidente Kennedy/Divulgação

Além dos investimentos privados, Presidente Kennedy conta com uma série de obras previstas pelos governos municipal, estadual e federal, com a promessa de tornarem o ambiente ainda mais propício para os negócios. O investimento gira em torno de R$ 3 bilhões.

Dentre eles, estão obras de infraestrutura, como um novo Parque Urbano, uma nova rodoviária e reforma e ampliação de unidades básicas de saúde e escolas. Destaque para a abertura e pavimentação de estradas interligando o Porto Central e o Distrito Industrial à sede do município e às rodovias, complementando os acessos rodoviários existentes pela BR 101, ES 162, ES 060 e RJ 224.

“Nossa cidade está pronta para receber novos empreendimentos. Os próximos anos serão de muitas boas notícias”, completa Matos.

Foto para conteúdo de marca, favor não usar.
O ambiente favorável de negócios tem atraído olhares de investidores para Presidente Kennedy. Crédito: Prefeitura de Presidente Kennedy/Divulgação

ALGUNS INVESTIMENTOS PREVISTOS

R$ 6 bilhões

Porto Central

R$ 3 bilhões

Investimentos governamentais

R$ 20 milhões

IBC (empresa de processamento de insumos para perfuração de poços de petróleo)

R$ 80 milhões

Usina Monte Belo (industrialização de álcool e açúcar)

R$ 5 milhões

Verona Imobiliária (loteamento industrial)

R$ 2,5 milhões

Rovabreu Locações e Serviços Ltda (usina de alfalto)

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.