ASSINE

Linhares: motoristas voltam a fechar a BR 101 em protesto contra alta dos combustíveis

Os manifestantes, em alguns momentos, chegaram a fechar totalmente a rodovia. Na cidade, a gasolina é encontrada pelo preço de R$ 5,59

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 24/02/2021 às 07h04
Atualizado em 24/02/2021 às 12h06
Manifestantes voltam a fechar a BR 101 em protesto contra o preço dos combustíveis
Manifestantes voltam a fechar a BR 101 em protesto contra o preço dos combustíveis. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Motoristas realizaram uma manifestação na BR 101, no Centro de LinharesNorte do Espírito Santo, na manhã desta quarta-feira (24), contra os preços altos de combustíveis. O protesto começou por volta das 4h, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, e terminou às 8h40. É o segundo protesto registrado na cidade nos últimos dias. No último sábado, a manifestação também foi realizada na altura da ponte Joaquim Calmon.

Em alguns momentos, os manifestantes chegaram a fechar totalmente a rodovia. Na cidade, a gasolina é encontrada pelo preço de R$ 5,59. 

A manifestação começou antes das 4h da madrugada e os manifestantes fecharam totalmente a rodovia por cerca de 2 horas. Quando era liberado, o trânsito estava funcionando em sistema de pare e siga. A Polícia Rodoviária Federal acompanhou o ato.

Protesto na BR 101 nesta quarta-feira (24), em Linhares
Protesto na BR 101 nesta quarta-feira (24), em Linhares. Em alguns momentos o trânsito é liberado. Crédito: Eduardo Dias

Segundo a ECO 101, concessionária que administra a via, a manifestação de motoristas de aplicativo foi iniciada às 3h46 no km 151,1, no Centro de Linhares. Para acompanhamento da ocorrência foram acionados recursos da concessionária para sinalização da via e a PRF. Por volta das 6h11 foi iniciado um pare e siga no trecho. 

Protesto na BR 101 em Linhares
Protesto na BR 101 em Linhares. Crédito: Eduardo Dias

IMPACTO NA RODOVIÁRIA

Por conta da manifestação, os ônibus que partiriam da Rodoviária de Linhares na manhã desta quarta-feira (24) não conseguiram sair até o protesto acabar. À reportagem da TV Gazeta Norte, um passageiro relatou que seu ônibus partiria por volta das 6h30, com destino a Aracruz, mas como a via estava fechada, ainda continuava no terminal. 

ENCONTRO NA PREFEITURA

O protesto terminou, às 8h40, quando uma comissão dos manifestantes conseguiu uma reunião na Prefeitura de Linhares. Por nota, a prefeitura diz que o prefeito Guerino Zanon (MDB) recebeu na manhã desta quarta-feira (24) uma comissão dos manifestantes e um representante da Polícia Rodoviária Federal e que contatou o deputado estadual Marcos Garcia para um encontro na Assembleia Legislativa do ES, para a próxima segunda-feira, 1º de março, ao meio-dia.

A nota afirma ainda que, além de ampliar o diálogo com a Assembleia, o encontro prevê estender a pauta dos manifestantes junto ao governo do Estado do Espírito Santo. Segundo a prefeitura, os representantes do manifesto se comprometeram em não realizar mais nenhum ato pacífico até o resultado do encontro junto à Assembleia Legislativa do ES.

Atualização

24 de Fevereiro de 2021 às 12:02

Após a publicação desta reportagem, por volta de 8h40, o protesto na BR 101 terminou, quando uma comissão dos manifestantes conseguiu uma reunião na Prefeitura de Linhares. Depois da reunião na prefeitura, um encontro foi marcado para segunda-feira (01) na Assembleia. O texto foi atualizado.  

A Gazeta integra o

Saiba mais
BR 101 Linhares linhares trânsito Combustível

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.