Após chuvas, 220 pessoas estão desalojadas no Sul do Espírito Santo

Novo relatório da Defesa Civil Estadual, divulgado neste domingo, aponta que o maior número de pessoas atingidas está em Vargem Alta e Anchieta

Publicado em 19/01/2020 às 09h08
Enchente em Vargem Alta: ao todo, 212 moradores tiveram que deixar suas casas no município. Crédito: Foto de internauta
Enchente em Vargem Alta: ao todo, 212 moradores tiveram que deixar suas casas no município. Crédito: Foto de internauta

O Espírito Santo possui atualmente 220 desalojados por conta das últimas chuvas que atingiram principalmente a Região Sul capixaba na tarde e na noite da última sexta-feira (17). A cidade com maior número de pessoas que precisaram deixar suas casas é Vargem Alta, com 212 moradores afetados, e Anchieta, com oito. As informações estão no boletim da Defesa Civil Estadual divulgado na manhã deste domingo (19).

O número de desabrigados registra 178 pessoas, divididas entre Vargem Alta (63), Anchieta (80) e Iconha (35). Quanto ao número de mortes, o boletim registra seis óbitos - três em Alfredo Chaves e três em Iconha.

As chuva vêm registrando menor volume desde a manhã de sábado (18). Nas últimas 24 horas, as cidades que tiveram registro de maior volume pluviométrico foram Castelo, com 28 mm, Itapemirim, com 13 mm, e Guarapari, 10 mm.

O governador Renato Casagrande chegou a percorrer as áreas atingidas pela forte enxurrada durante este sábado. Sobre Iconha, Casagrande classificou o que viu como "devastador"

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.