ASSINE

Apesar de restrições, parte do comércio de Marataízes continua aberto

Lojas de confecções foram encontradas abertas no Centro do balneário, nesta terça-feira (07)

Publicado em 07/04/2020 às 18h43
Loja de confecção aberta no centro de Marataízes
Loja de confecção aberta no centro de Marataízes. Crédito: Reprodução/TV Gazeta Sul

Apesar das determinações estaduais limitando a atividade do comércio por conta da pandemia do novo coronavírus, em Marataízes, Litoral Sul do Espírito Santo, boa parte dos lojistas que deveriam estar fechados estão comercializando normalmente. A prefeitura garante que orienta os estabelecimentos. 

Locais como supermercados, farmácias, padarias e restaurantes são os que podem abrir, desde que respeitem as determinações para evitar a aglomeração de pessoas e a contaminação pelo novo coronavírus. A estudante Laís Santos garante que nem todos respeitam as medidas. “Uns cumprem e outros não. Aí, fica difícil conter a doença”, comenta.

A prefeitura do balneário chegou a elaborar um decreto que determinava a abertura do comércio na cidade, porém, acabou suspendendo por uma recomendação do Ministério Público do Espírito Santo.

A prefeitura garante que todo o comércio do município está orientado a seguir o que determina o último decreto estadual, baixado na última sexta-feira, 3 de abril. “A prefeitura tem feito constantes informativos via site oficial, redes sociais oficiais e por meio do sistema de som instalado nas câmeras de videomonitoramento, nos quais transmite a toda a população as restrições e recomendações referentes à Covid-19”, informou o município por meio de nota.

Informou ainda que a Guarda Civil Municipal está percorrendo as ruas do município para orientar os comerciantes a seguirem as determinações do decreto estadual e que cabe à Polícia Militar atuar na fiscalização dos estabelecimentos e na eventual ordem para fecharem as portas.

Polícia Militar foi procurada pela reportagem, mas não obteve retorno até o fechamento da matéria.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.