ASSINE

Segundo turno: veja o debate com os candidatos a prefeito de Vila Velha

Arnaldinho Borgo (Podemos) e Max Filho (PSDB) frente a frente no debate A Gazeta e CBN Vitória

Vitória
Publicado em 26/11/2020 às 18h31
Atualizado em 26/11/2020 às 20h49

20:44

Fim do debate

Chega ao final o debate desta quinta-feira (26). A cobertura completa das eleições na Grande Vitória está disponível em A Gazeta, incluindo todos os quatro debates desta semana. No próximo domingo (29), acontece o segundo turno para escolher o próximo prefeito nas cidades de VitóriaVila VelhaSerra e Cariacica


20:40

As considerações finais de Max Filho (PSDB)

"Eu não estou nessa por vaidade pessoal, por outra motivação que não seja o servir à causa pública. Vocês me conhecem, porque a escritura sagrada diz que não há autoridade que não seja constituída por Deus. Eu quero pedir a você, eleitor, que é cristão como eu: vamos colocar o futuro da cidade debaixo do pé de quem é todo poderoso. Uma decisão errada agora vamos levar quatro anos para consertar. Vamos pedir a graça de Deus para os próximos anos e não o chicote de Deus. Eu quero concluir agradecendo à Rede Gazeta que concedeu o debate. Não tem eleição ganha e nem perdida. Peço com humildade o voto", conclui.


20:37

As considerações finais de Arnaldinho Borgo (Podemos)

"Eu quero falar para você, eleitor, que está acompanhando a nossa campanha. Tenho andado a cidade inteira, dialogado com todo mundo. Conheço de perto as suas dificuldades. Por esse motivo, sou candidato a prefeito. Planejamos a nossa cidade através de um movimento chamado Vila Velha 500 anos. Planejamos não só para quatro anos, mas para daqui 15 anos. Que Vila Velha você quer viver e deixar de legado para os seus filhos e netos? Conseguimos alcançar mais de 2.300 sugestões de melhorias. Com uma equipe técnica colocamos um programa de governo justo e alcançável. É um novo tempo de novas ideias e atitudes. Uma nova Vila Velha. Construiremos uma Vila Velha moderna, justa, inteligente, mais humana. Por isso, peço o seu voto e que entre no nosso site para ver as nossas propostas. Peço o seu voto", conclui.


20:35

"O que observamos foi um desastre", afirma Arnaldinho

"O candidato falta com a verdade. Vila Velha não cai mais nas suas mentiras. Você não apresentou nenhuma proposta o debate inteiro. A verdade dói. Principalmente quando tem dinheiro disponível e você não faz a política pública chegar à população. Quando a gente fala de dados, você falta com a verdade. Você deixou a pessoa mais vulnerável sofrendo. É na pandemia, na dificuldade que a gente vê a ação do líder, a oportunidade de crescer, mas o que observamos foi um desastre", rebate Arnaldinho.


20:33

"O candidato age com má-fé", diz Max

"O candidato age com má-fé. Explora esse momento de pandemia, quando o isolamento social se impôs e projetos precisaram ser suspensos. Convido a todos para visitar o meu site para verificar o B.O. por agressão contra a mulher. Por isso que ele fechou o Cramvive. Conosco funciona na Secretaria de Assistência Social, com plantão no final de semana e à noite", diz Max.


20:29

Max: "Acabou com o Cramvive em causa própria?"

Arnaldinho responde: "O candidato da fake news está tentando imprimir uma narrativa que nunca existiu. Ele demonstra despreparo e desconhecimento da secretaria. O Cramvive nunca ficou na Secretaria de Assistência Social. O Caps é da saúde. Respeita a inteligência do nosso povo. Fui secretário durante um ano, em 2015. No qual eu tive a oportunidade de fazer um avanço na política social e não da politicagem. Avançamos com a assistência a crianças e adolescentes, as pessoas com deficiência, dos idosos. Ele não explica que o Projeto Praia Legal está fechado, que atendia mais de 1.000 pessoas para banho de mar assistido em Vila Velha. Nós investimos com instituições sociais o dobro que ele investiu em quatro anos. Ele perseguiu instituições. O nosso planejamento é fazer as políticas públicas funcionarem."


20:26

"Nós construíamos galerias e abandonaram", diz Max

"Nós construímos diversas galerias e eles abandonaram. Ocuparam a prefeitura e não deram a manutenção em Paul, em Aribiri. As obras que deixamos contratadas, com dinheiro no caixa, não tiveram competência para dar sequência a esse trabalho", afirma Max.


20:24

"Foi incapaz de falar da proposta", critica Arnaldinho

"O candidato foi incapaz de falar uma proposta para enfrentar o alagamento em Vila Velha. Ficou fazendo rodeios e não colocou propostas. Ele está despreparado e desorientado, porque falou coisas que são inverdades. Quem construiu as três estações de bombeamento foi a Prefeitura de Vila Velha. Como se sente os moradores de Sítio Batalha? As máquinas ligam. A gente não quer ver a nossa cidade sofrer. Vamos enfrentar com manutenção preventiva das redes pluviais, das galerias dos canais, dos córregos. E fazer parceria com o governo do Estado", afirma Arnaldinho.


20:20

Arnaldinho: "Você tem planejamento para enfrentar os alagamentos?"

Max responde: "As estações de bombeamento foram financiadas pelo governo do Estado. Ele bancou a do canal Guaranhuns, na outra passagem. As outras duas, em Sítio Batalha e Itapuã, foi feito pela prefeitura em parceria com o Estado. Só que quando chovia, a casa de máquinas ficava afogada. Corrigimos esse erro de projeto. Nós finalizamos a gestão e operação das máquinas. Eles comandavam com cargos comissionados, que ele critica. Terceirizamos, contratamos por licitação. Fizeram mal feito e ficam nesse blá blá blá."


20:18

"Não adianta buscar culpados", defende Arnaldinho

"O candidato coloca a culpa da sua ineficiência, da falta de gestão e de competência na Câmara de Vereadores agora, no final do mandato. A culpa de Vila Velha não ter saído do buraco é sua. Não adianta buscar culpados. Uma grande liderança assume suas responsabilidades. Quando a cidade mais precisou do seu líder, se escondeu dentro de casa. Eu estava dentro do alagamento para ver se a bombas estavam ligadas e elas estavam desligadas", rebate Arnaldinho.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.