ASSINE

Prefeito de Vitória, Luciano Rezende está com Covid-19

Na última segunda-feira, Luciano esteve em evento organizado pelo deputado estadual apoiado por ele na disputa pela Prefeitura de Vitória, Fabrício Gandini. O candidato também foi diagnosticado com o novo coronavírus

Publicado em 30/10/2020 às 14h59
Atualizado em 30/10/2020 às 20h16
Luciano Rezende
Luciano Rezende (Cidadania) é o atual prefeito de Vitória. Crédito: Divulgação/PMV

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende (Cidadania), anunciou, no início da tarde desta sexta-feira (30), que está com Covid-19. Em suas redes sociais, ele disse que apresentou sintomas respiratórios leves e está em isolamento.

"Nos últimos dias, eu tive alguns sintomas respiratórios leves e eu fiz o teste para Covid e o teste deu positivo. Eu vou continuar trabalhando através de plataformas digitais, videoconferências, telefone, o que for disponível para continuar o trabalho", afirmou. 

No vídeo, o prefeito pediu orações das pessoas e disse que está bem. Ele vai se afastar das atividades presenciais da prefeitura. 

"Eu estou bem, mas queria pedir a você que me coloque nas suas orações para que o quadro continue bem, dessa forma, e nós possamos nos restabelecer o mais rápido possível para voltar com as atividades", completou. 

Confira o anúncio na íntegra:

Luciano tem 58 anos e tem participado de atos da campanha do deputado estadual Fabrício Gandini (Cidadania), candidato a prefeito da Capital apoiado por ele. Gandini também foi diagnosticado com Covid-19 nesta quinta-feira (29). 

Na última segunda-feira (26), Luciano esteve em um evento, no Álvares Cabral, organizado por Gandini. Cerca de 2 mil pessoas compareceram ao local, de acordo com a assessoria da campanha do parlamentar. Além deles, o deputado federal Felipe Rigoni (PSB) também participou do evento. Ele testou positivo para Covid-19 nesta semana

Em julho, o prefeito da Capital, que é médico, contrariou as recomendações das autoridades de saúde, inclusive do governo estadual, e estabeleceu protocolo municipal para uso da hidroxicloroquina, medicamento que não tem eficácia comprovada cientificamente para o tratamento da Covid-19. A decisão surpreendeu infectologistas e especialistas na área epidemiológica do Espírito Santo.

OUTROS CASOS

Outros políticos da Grande Vitória também foram infectados pelo coronavírus. O candidato a prefeito de Cariacica Sandro Locutor (PROS) foi diagnosticado no último dia 18 e ficou, inclusive, na UTI. Ele recebeu alta nesta sexta-feira (30). No mesmo município, o Subtenente Assis também está com sintomas da doença. O também candidato a prefeito fez exames, mas ainda não recebeu o diagnóstico. 

Em Vila Velha, o prefeito Max Filho (PSDB), candidato à reeleição, também informou nesta quinta (29) que está contaminado com o novo coronavírus. Ele está com sintomas de gripe e segue em isolamento. 

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.