ASSINE

Político no ES renuncia ao mandato para atuar como caminhoneiro

Marcelo Lovati Macarini (PSB) protocolou na Câmara de Vereadores de Iconha, nesta terça-feira (5), um ofício comunicando a renúncia para voltar a ser caminhoneiro e cuidar de sua empresa

Tempo de leitura: 2min
Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 06/04/2022 às 15h45
Vereador de Iconha Marcelo Lovati Macarini (PSB)
Marcelo Lovati Macarini, abriu empresa de transportes de máquinas pesadas há um ano. Crédito: Divulgação

O vereador de Iconha Marcelo Lovati Macarini (PSB) decidiu abandonar a carreira política para voltar a ser caminhoneiro e cuidar da própria empresa do ramo de transportes de máquinas pesadas. Ele protocolou na Câmara de Vereadores do município, nesta terça-feira (5), um ofício comunicando a renúncia.

Marcelo atuava como vereador no quarto mandato consecutivo e, antes de renunciar ao cargo, estava licenciado — sem receber remuneração. Ele explicou o que o motivou a tomar a decisão.

Marcelo Lovati Macarini

Vereador que renunciou ao mandato

"Foi uma decisão muito difícil. Decidi me dedicar à minha família e a mim. A vida pública exige dedicação. Optei por deixar a vida política"

Macarini, que atualmente tem 40 anos, entrou na política aos 24 e abriu uma empresa de transportes de máquinas pesadas há cerca de um ano. Agora, decidiu se dedicar somente a esse outro ofício. Marcelo acredita que, mesmo tendo renunciado ao mandato, tenha contribuído com a sociedade e espera não ter decepcionado seus eleitores.

“Tenho certeza que honrei minha palavra, contribui bem e fui muito feliz na política. Mas minha decisão foi tomada e não acho justo, com licença sem remuneração, pedir outra. Não é todo dia que vemos um político renunciar. Só tenho a agradecer ao PSB, aos meus amigos e eleitores”, afirmou.

Na manhã desta quarta-feira (6), durante sessão ordinária, o presidente da Câmara de Vereadores de Iconha, Vitor Martins Caprini (Republicanos), empossou como vereador Valdeci Cestari (PSB), suplente de Marcelo Lovati Macarini. A Câmara possui nove vereadores.

“A renúncia nos pegou de surpresa. Ele vinha de uma licença e anunciou no ofício ontem, e logo convocamos o suplente e hoje foi empossado. Ele desempenhou um importante papel e somos gratos pelo seu trabalho”, concluiu o presidente da Câmara de Iconha.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Carreira Iconha estradas

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.