ASSINE

Após união de chapas, Jackeline Rocha ganha a eleição do PT no ES

Chapas de João Coser e André Lopes se fundiram à de Jackeline para barrar candidatura de Helder Salomão, que tinha o maior número de delegados. Chapa da ex-candidata ao governo do Estado terá presidência e diretório do partido

Publicado em 19/10/2019 às 22h02
Jackeline Rocha venceu a eleição do PT-ES. Crédito: PT-ES/Divulgação
Jackeline Rocha venceu a eleição do PT-ES. Crédito: PT-ES/Divulgação

Após uma costura que fundiu três chapas em uma, a  microempresária Jackeline Rocha venceu a eleição para presidência do PT no Espírito Santo por 126 votos dos delegados do partido contra 123 votos do deputado federal Helder Salomão. A votação acirrada foi concluída na noite deste sábado (19). Em 2019, Jackeline ficou em 3º lugar na eleição ao governo do Estado com mais de 140 mil votos.

Ainda neste sábado, durante o congresso estadual do partido, foi feita uma união das chapas que eram lideradas pelo ex-prefeito de Vitória João Coser e pelo vereador de Cariacica, André Lopes, fundindo-se com a chapa  "Lula Livre sem medo de ser Feliz", encabeçada por Jackeline. 

A união também fez a superchapa ganhar a concorrida disputa pelo diretório do partido por 125 votos contra 124 da chapa de Helder. Ao todo, 250 delegados estavam aptos a votar nas duas disputas.

Com a unificação a chapa de Jackeline passou a ser a favorita matematicamente para a eleição. Isso porque na eleição interna do PT em setembro, a chapa de Helder, "Para voltar a sonhar", conseguiu eleger 124 dos 250 delegados do partido.

João Coser, Jackeline Rocha, André Lopes e José Carlos Nunes se uniram e garantiram vitória no PT-ES. Crédito: André Lopes/Divulgação
João Coser, Jackeline Rocha, André Lopes e José Carlos Nunes se uniram e garantiram vitória no PT-ES. Crédito: André Lopes/Divulgação

Já a chapa encabeçada por Jackeline tinha apenas 77 delegados, enquanto a chapa do atual presidente da sigla, João Coser, 35, e a do vereador André Lopes, outros 14 delegados. Com a união, a chapa passou a totalizar 126 delegados.

Como as chapas dos dois últimos não tinham candidatos à presidência e tanto Coser como Lopes já haviam declarado apoio à Jackeline para o comando do partido, isso já lhe dava uma maioria de delegados na disputa pela presidência. Assim, o efeito principal da fusão seu deu na eleição para o diretório, que passou a ter apenas duas chapas concorrendo.

FORTALECIMENTO DO PT

Em entrevista para A Gazeta após a divulgação do resultado, Jackeline disse que pretende implementar uma agenda para fortalecer o partido no Estado para as eleições de 2020 e 2022, e também defender o legado do PT, que segundo ela tem sofrido uma tentativa de criminalização.

"A gente fez uma construção no congresso do partido com base no programa do PT para isso ser apresentado para a sociedade, com foco no fortalecimento do PT no Estado e sobretudo para defender o legado do partido. Venceu a política e a unidade em torno desses eixos e desse programa", afirmou.

TESE ÚNICA 

Fundador do PT no Estado e ex-subsecretário nacional de Direitos Humanos, Perly Cipriano explicou que houve uma fusão também das teses defendidas pelas chapas. "As três chapas se fundiram em uma só, e também fundiram as teses das quatro chapas. Então ela passou a ter um documento único de propostas de todas as chapas", afirmou.

A chapa de Helder Salomão tinha entre os membros petistas de peso, como a deputada estadual Iriny Lopes e  Perly Cipriano. Já a chapa de Jackeline é apoiada pelo ex-deputado estadual Jose Carlos Nunes, o ex-prefeito João Coser e o vereador de Cariacica André Lopes.

A Gazeta integra o

Saiba mais
pt Helder Salomão

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.