Vigilante é morto a facadas ao chegar do trabalho em Anchieta

Herval Cetto, de 46 anos, chegava do trabalho quando foi assassinado. Vítima andou por alguns metros para pedir socorro aos vizinhos

Cachoeiro de Itapemirim
Publicado em 24/01/2021 às 13h35
Vigilante foi morto em Anchieta
Vigilante foi morto em Anchieta. Crédito: Reprodução/Espírito Santo Notícias

Um vigilante morreu na manhã deste domingo (24) após ser esfaqueado quando chegava do trabalho no bairro Alvorada, em Anchieta, litoral Sul do Espírito Santo. Herval Cetto, de 46 anos, chegou a pedir socorro aos vizinhos, mas não resistiu.

Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, o caso aconteceu por volta das 7h30, na Rua Paulo Diniz. A vítima chegava do trabalho de moto, parou o veículo em frente a casa onde mora e abriu o portão. O vigilante foi surpreendido pelo assassino, que o esfaqueou e fugiu.

Ferido, Herval andou uns metros na rua para pedir socorro a um amigo, mas morreu no local. Não há informações, segundo a polícia, de que pertences da vítima tenham sido roubados durante o crime. Até o momento, nenhum suspeito foi detido e a motivação é investigada pela Polícia Civil.

A perícia foi acionada e o corpo encaminhado ao Serviço Médico Legal. O vigilante atuava em uma empresa que presta serviços a Samarco.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.