ASSINE

Vídeo mostra professor sendo baleado em frente a escola em Linhares

Erick Alves Jatobá foi baleado no peito e na cabeça ao sair da escola em que dava aulas, no início da tarde desta quarta (20). Dois suspeitos aparecem no vídeo e um deles faz os disparos

Tempo de leitura: 2min
Colatina
Publicado em 20/04/2022 às 17h04

Imagens de uma câmera de videomonitoramento registraram o momento em que o professor de matemática Erick Alves Jatobá foi baleado ao sair da escola em que dava aulas no início da tarde desta quarta-feira (20), em Linhares, no Norte do Espírito Santo. Dois suspeitos aparecem no vídeo e um deles faz os disparos, atingindo a vítima com um tiro na cabeça e outro no peito. A Polícia Militar informou que realizou buscas, mas ninguém foi detido.

O vídeo mostra Erick colocando alguns objetos no carro e indo até os suspeitos — ambos estavam de bicicleta. Após cumprimentar os dois, a vítima retorna ao carro, mas, nesse momento, um dos indivíduos passa uma arma para o outro, que vai em direção ao professor e efetua os disparos.

O professor de matemática, Erick Alves Jatoba, foi baleado na cabeça ao sair de escola em Linhares
O professor de matemática, Erick Alves Jatoba, foi baleado na cabeça ao sair de escola em Linhares. Crédito: Acervo pessoal

Erick foi socorrido e encaminhado para o Hospital Geral de Linhares (HGL) em estado grave. O caso aconteceu em frente à Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) José de Caldas Brito e assustou quem estava no local. Alunos choravam no momento em que policiais chegaram ao local.

Escola onde professor de matemática baleado dá aula
EEEFM José de Caldas Brito, em Linhares, onde professor de matemática baleado dá aula. Crédito: Eduardo Dias

Por nota, a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) informou que as imagens de videomonitoramento já estão de posse da Polícia Civil, que apura o caso. Considerando a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei nº 13.709, de 14 de agosto de 2018), somente a corporação poderá solicitar as imagens, por ofício, para acostamento aos autos do Inquérito Policial ou para sua instauração.

A reportagem procurou a Polícia Civil. O titular da Delegacia Regional de Linhares, Fabrício Lucindo, disse que a polícia investiga a participação de um terceiro indivíduo e suspeita que um dos participantes do crime era ex-aluno da escola.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.