ASSINE

Vídeo: cachorro é amarrado em carro, arrastado e morto em Jaguaré

Câmeras de segurança registraram de uma casa o momento em que o motorista desce do veículo para ver se o animal havia morrido. O fato ocorreu na noite desta segunda-feira (12), por volta das 21h, no Norte do Estado.

Publicado em 13/10/2020 às 10h30
Atualizado em 13/10/2020 às 12h01
Jaguaré
Sequência mostra toda a ação filmada da morte de um cachorro em Jaguaré nesta segunda-feira (12). Crédito: Internauta

Uma cena chocante e revoltante. Câmeras de segurança registraram o momento em que um cachorro foi morto após ser amarrado e arrastado por um carro na cidade de Jaguaré, na noite desta segunda-feira (12), região Norte do Espírito Santo.

As imagens – registradas por volta das 21 horas – mostram quando o veículo modelo Honda HR-V, de cor prata, de placas PPO 4635, estaciona em frente a uma residência. Na sequência, o motorista sai do automóvel para conferir se o animal arrastado estava morto. O condutor salta sobre o animal, vai em direção à porta do carona e pega um objeto para cortar a corda que estava amarrada no pescoço do cão.

Após cortar a corda que prendia o cachorro ao carro, o motorista retorna ao veículo, pula novamente por cima do animal e assume a direção, deixando para trás o cão morto no meio da rua.

Nos pouco mais de 30 segundos entre parar, verificar se o cão estava sem vida, cortar a corda e sair com o carro, nenhuma pessoa passou pela Rua Terezinha de Prá Trevisan, no Centro de Jaguaré.

POLÍCIA

O caso foi registrado na manhã desta terça-feira (13), na Delegacia de Jaguaré. A reportagem de A Gazeta demandou as polícias Civil e Militar para saber sobre a investigação do caso. 

Em nota, a assessoria da Polícia Militar informou que o suspeito foi preso na manhã desta terça-feira (13) e encaminhado para a Regional de São Mateus, município vizinho de Jaguaré.

Na resposta, a PM confirmou que o fato aconteceu na noite dessa segunda-feira (12), e a Polícia Militar não foi acionada. No entanto, na manhã desta terça-feira (13), policiais foram informados que uma Ong de proteção aos animais havia registrado um boletim de ocorrência na Delegacia de Jaguaré e que a Polícia Civil estava procurando o autor do crime. Na delegacia, os militares receberam a informação de que o agressor tinha sido localizado por um homem e levado para a sede da 5ª Companhia do 13º Batalhão. A equipe foi até a sede da unidade e está encaminhando o detido para a Delegacia Regional de São Mateus.

O delegado Leonardo Malacarne informou à TV Gazeta Norte, por telefone, que o homem foi identificado na manhã desta terça-feira e vai responder pelo crime de maus-tratos contra cães em flagrante. Segundo o delegado, o homem vai ser encaminhado para o plantão de São Mateus para ser lavrado o procedimento. O suspeito vai ser conduzido para o Centro de Detenção Provisória e pode responder de 2 a 5 anos de prisão, sem fiança.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.