ASSINE

Vendedor ambulante é morto em assalto dentro de Transcol no ES

Antes de atirar contra a vítima, de 21 anos, os criminosos fizeram um arrastão dentro do ônibus na noite desta quarta-feira (8)

Tempo de leitura: 2min
Vitória
Publicado em 09/12/2021 às 06h48

Um jovem de 21 anos morreu após ser baleado dentro de um ônibus do Transcol na noite desta quarta-feira (8) em Cariacica, na Grande Vitória. Segundo apuração do repórter Caíque Verli, da TV Gazeta, Mateus Henrique Lopes vendia balas dentro do coletivo.

Ônibus onde vendedor ambulante foi baleado
Ônibus onde vendedor ambulante foi baleado. Crédito: Paulo Cordeiro

Testemunhas disseram que um dos bandidos atirou contra o jovem porque ele teria demorado a entregar o celular. Um irmão do ambulante contou que a vítima comprou esse aparelho na terça-feira (7), um dia antes do crime.

Antes de atirar contra a vítima, os dois bandidos fizeram um arrastão dentro do ônibus. O veículo estava cheio e o motorista informou à reportagem que pelo menos outros cinco passageiros foram roubados.

O ônibus é da linha 719 do Transcol e faz o trajeto entre o Terminal de Campo Grande e o bairro Jardim Alah. O arrastão aconteceu por volta das 21h, na altura do bairro Santa Paula, em Cariacica.

Matheus Henrique Lopes estava vendendo balas nos fundos do coletivo quando foi abordado pelos criminosos
Matheus Henrique Lopes estava vendendo balas nos fundos do coletivo quando foi abordado pelos criminosos. Crédito: Divulgação

ASSALTANTES FUGIRAM

Os assaltantes entraram no ônibus no Terminal de Campo Grande, em Cariacica, e fugiram depois do crime. Para tentar salvar o ambulante, o motorista levou o ônibus com a vítima dentro até a porta da unidade de saúde do bairro Bela Vista. Mas como o posto fecha no final da tarde, a unidade não estava funcionando.

Segundo informações da polícia, o jovem foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e morreu no hospital.

A Polícia Civil fez uma perícia dentro do ônibus. Os peritos tiraram fotos e procuraram por rastros dos bandidos. Uma câmera dentro do ônibus pode ajudar a polícia a identificar os criminosos.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado e será investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Com informações de Caíque Verli, da TV Gazeta

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.