ASSINE

Trio armado atira em grupo, mata um jovem e fere 3 em Vila Velha

Quatro amigos estavam na calçada da Rua Onze, em Guaranhus, quando três homens armados atiraram contra eles por volta das 2h da madrugada desta sexta-feira (17).  Matheus Rômulo Ferreira dos Santos, de 20 anos, morreu a caminho do hospital

Publicado em 17/04/2020 às 11h50
Atualizado em 17/04/2020 às 11h58
Matheus Rômulo Ferreira dos Santos morreu a caminho do hospital após ser baleado em Vila Velha
Matheus Rômulo Ferreira dos Santos morreu a caminho do hospital após ser baleado em Vila Velha. Crédito: Arquivo pessoal

Um tiroteio ocorrido na madrugada desta sexta-feira (17) no bairro Guaranhus, em Vila Velha, na Grande Vitória, resultou na morte do jovem Matheus Rômulo Ferreira dos Santos, de 20 anos. Além dele, outras três pessoas foram atingidas pelos disparos. O crime ocorreu na Rua Onze, por volta das 2h da madrugada, próximo a uma igreja Assembleia de Deus.

Segundo o boletim registrado pela Polícia Civil, outros feridos na ocorrência foram identificados como Guilherme Reis Cardoso, de 20 anos; Evaldo Grativol Gomes, de 27 anos; e Denilson dos Santos Neves, de 19 anos. Os três foram socorridos e encaminhados com vida para hospitais do município, dois deles para hospitais particulares.

O CRIME

Testemunhas contaram aos policiais que foram ao local que os quatro amigos estavam sentados na calçada quando três homens armados, um deles com uma espingarda calibre 12, chegaram atirando. O trio estava a pé no momento em que abriu fogo contra os jovens e fugiu na sequência. Os quatro foram baleados, sendo que Matheus morreu a caminho do hospital.

Segundo os familiares da vítima, o jovem não tinha envolvimento com crimes. O corpo foi levado pela para Departamento Médico Legal de Vitória (DML), onde a família realizou a liberação para o sepultamento.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha. Até a publicação desta reportagem, nenhum suspeito havia sido detido. A polícia explicou que outras informações não foram repassadas para que a apuração dos fatos seja preservada.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.