ASSINE

Suspeito de comprar drogas pela internet é preso em Marataízes

Polícia Civil conseguiu interceptar a encomenda via Correios; jovem confessou a compra, no valor de R$ 4 mil

Publicado em 26/10/2020 às 14h13
Drogas
O suspeito de 22 anos foi indiciado pela prática de conduta de tráfico de drogas. Crédito: Divulgação/Sesp

Um homem de 22 anos foi detido pela polícia, em Marataízes, suspeito de encomendar drogas via Correios. A ação ocorreu na última quarta-feira (21), em cumprimento de mandado de busca e apreensão, no bairro Esplanada.

De acordo com o delegado da Polícia Civil Renato Barcellos Perin houve intercâmbio de informações com a Polícia Federal. “Recebemos a informação da PF de uma possível entrega de drogas via Correios, fizemos o monitoramento da casa endereçada e, de posse do mandado, foi feita a abordagem do suspeito no momento que recebia a entrega”, disse Barcellos.

Ainda de acordo com o delegado, após abrir o pacote, a equipe constatou que a encomenda era de entorpecentes. “Havia cerca de 100 gramas de haxixe. O suspeito confirmou ter encomendado a substância para ele e alguns amigos pelo valor de R$ 4 mil. Na casa também foram encontrados dois pedaços de maconha, uma bolinha de haxixe e uma folha de papel contendo extrato de droga”, contou.

Para o delegado, embora não tenha sido encontrado na residência do suspeito, há indícios que ele também comercialize a substância psicotrópica conhecida popularmente como ecstasy.

O suspeito de 22 anos foi indiciado pela prática de conduta de tráfico de drogas. As investigações seguem para apurar a origem dos entorpecentes. “Destacamos a importância da denúncia feita pela comunidade. Caso tenha informações, a pessoa pode denunciar pelo Disque-Denúncia 181, ou pelo site disquedenuncia181.es.gov.br. Todas as informações fornecidas serão apuradas”, garantiu o delegado.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Marataízes espírito santo tráfico de drogas

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.