ASSINE

Procurado pela PF do ES é preso em Trancoso após sofrer acidente

Segundo a Polícia Federal, o indivíduo é alvo da Operação Párvulo e era procurado por tráfico de drogas e associação para o tráfico

Linhares
Publicado em 03/09/2021 às 07h54
Policia Federal
Procurado pela PF do ES é preso após sofrer acidente em Trancoso. Crédito: Celso Barbosa/Código 19/Folhapress

Um homem procurado pela Polícia Federal no Espírito Santo se envolveu em um acidente e foi preso em Trancoso, na Bahia, na última terça-feira (31). Segundo a PF, o indivíduo é alvo da Operação Párvulo e era procurado por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Ao se envolver em um acidente em Trancoso, o homem não se identificou, a Polícia Militar da Bahia foi acionada e descobriu que ele era foragido.

A Polícia Federal informou na tarde desta quinta-feira (2) que o indivíduo continua preso na Bahia e que, para ser transferido para o Espírito Santo, é necessária uma ordem judicial.

A reportagem procurou a Polícia Civil do Espírito Santo. Na tarde de quinta-feira (2), a corporação disse que não tem informações sobre o caso. A Polícia Militar capixaba também explicou que não tem informações sobre a ocorrência.

Este vídeo pode te interessar

A mansão que fica no interior de Guarapari pertence ao líder da venda de haxixe e ectasy para traficantes da cidade e outras regiões. Crédito: Divulgação/PF
A mansão que fica no interior de Guarapari pertence ao líder da venda de haxixe e ectasy para traficantes da cidade e outras regiões. Crédito: Divulgação/PF

OPERAÇÃO PÁRVULO

A Polícia Federal do Espírito Santo deflagrou no dia 10 de agosto uma operação para combater o tráfico de drogas interestadual. Foram cumpridos doze mandados de prisão preventiva, sete mandados de prisão temporária e vinte mandados de busca e apreensão em residências e empresas nos municípios de Vitória, Guarapari, Conceição da Barra, Foz do Iguaçu (PR), Imbituba (SC) e Belo Horizonte (MG), além do bloqueio judicial de contas bancárias ligadas aos investigados.

Segundo a PF, a ação, intitulada "Operação Párvulo", teve como objetivo a obtenção de novos elementos de provas para desmantelar uma organização criminosa dedicada ao tráfico interestadual de drogas que operava em quatro Estados. A operação teve início ainda no ano passado, com a investigação de um indivíduo que supostamente compraria grandes quantidades de haxixe e drogas sintéticas (ecstasy) na cidade paranaense de Foz do Iguaçu e as distribuiria para traficantes menores em Guarapari e arredores.

Com o avanço da investigação, foi constatado um refinado esquema de tráfico de drogas, com alcance também nos Estados de Santa Catarina e Minas Gerais. Para garantir o fluxo de dinheiro necessário, diversas contas bancárias de “laranjas” em Foz do Iguaçu eram utilizadas para comprar drogas e para receber os valores decorrentes de suas vendas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.