ASSINE

Preso suspeito de atirar em homem durante briga em bar em Rio Bananal

Vanilson Pereira dos Santos e seu irmão, preso no dia do crime, estavam armados com uma submetralhadora de fabricação caseira e um revólver quando iniciaram a confusão

Colatina
Publicado em 08/10/2021 às 20h23
Suspeito e irmão foram presos por tentativa de homicídio em Rio Bananal.
Suspeito e irmão foram presos por tentativa de homicídio em Rio Bananal. Crédito: Polícia Civil Rio Bananal

Um homem de 35 anos foi preso, no fim da tarde desta sexta-feira (8), suspeito de uma tentativa de homicídio durante uma briga em um bar no dia 18 de setembro deste ano, em Rio Bananal, no Norte do Espírito Santo. Após o crime, Vanilson Pereira dos Santos chegou a cortar o cabelo, mas foi reconhecido e preso por policiais militares enquanto trabalhava na localidade de Córrego Capivara.

O crime aconteceu durante uma briga entre o suspeito e o irmão dele, identificado como Paulo Sérgio Pereira dos Santos, de 32 anos, e a vítima, um homem de 37 anos. Imagens registradas por câmeras de segurança do estabelecimento e divulgadas pela Polícia Civil mostram o momento em que um dos irmãos aborda a vítima e dá início à confusão. Confira:

Suspeito entra no bar e começa discussão que termina em tentativa de homicídio

Em seguida, as imagens mostram os irmãos armados — um com uma submetralhadora de fabricação caseira e o outro com um revólver, segundo a polícia — ameaçando a vítima e, em seguida, atirando depois contra o homem de 37 anos. A vítima foi socorrida e sobreviveu aos ferimentos causados pelos disparos. Veja a sequência do vídeo:

Câmeras flagraram suspeito e irmão ameaçando vitima

Paulo Sérgio foi preso no dia do crime. Segundo a Polícia Civil, depois da ação, os dois suspeitos foram localizados por policiais militares que atenderam a ocorrência, mas atiraram contra os militares, que revidaram. O irmão de Vanilson foi atingido e encaminhado para um hospital e, depois, autuado em flagrante e encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Colatina.

Já Vanilson conseguiu fugir e teve prisão preventiva solicitada pela Polícia Civil de Rio Bananal. Na tarde desta sexta-feira, ele foi localizado e preso pela Polícia Militar enquanto trabalhava em um secador de café no Córrego Capivara. O suspeito cortou o cabelo, mas foi reconhecido pelos policiais.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi interrogado na Delegacia de Linhares, confessou que realmente ele e seu irmão estavam armados no dia da confusão, que ele atirou na vítima e os dois ameaçaram também outras pessoas no local. Após o interrogatório, Vanilson foi encaminhado para a Penitenciária Regional de Linhares.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.