ASSINE

Polícia Militar prende 12 pessoas por homicídio durante operação no ES

Ao todo, 148 pessoas foram detidas durante todo o mês de novembro na oitava fase da operação; armas, munições e drogas também foram apreendidas em todo o Estado

Vitória
Publicado em 02/12/2020 às 16h45
Atualizado em 02/12/2020 às 16h45
A Polícia Militar apreendeu armas, munições e drogas durante a Operação Sentinela em todo o Estado
A Polícia Militar apreendeu armas, munições e drogas durante a Operação Sentinela em todo o Estado. Crédito: Divulgação/PMES

Polícia Militar divulgou nesta quarta-feira (2) o balanço da oitava fase da Operação Sentinela, realizada durante o mês de novembro em todo o Espírito Santo, com foco no cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão, além do combate ao tráfico de drogas e aos crimes de homicídio no Estado. Ao todo, 148 pessoas foram detidas, sendo 12 pelo crime de homicídio.

Segundo o coronel Douglas Caus, comandante-geral da Polícia Militar no Estado, nesta fase foram cumpridos 122 mandados de prisão, sendo 12 por homicídio e 14 por tráfico de drogas. Foram 90 mandados de busca e apreensão executados e, no total, 122 pessoas foram detidas. Ainda segundo o coronel, 15 armas foram apreendidas, além de 575 munições e mais de 3 mil unidades de drogas.

"A proposta da operação é a prisão de homicidas e traficantes, apreensão de armas e drogas. Durante a operação, conseguimos cumprir 122 mandados de prisão, dentre eles homicidas e traficantes, além dessa quantidade de armas e drogas apreendidas. Nosso foco continua e, em dezembro, iremos incrementar as operações", disse o comandante-geral.

A Polícia Militar apreendeu armas, munições e drogas durante a Operação Sentinela em todo o Estado
A Polícia Militar apreendeu armas, munições e drogas durante a Operação Sentinela em todo o Estado. Crédito: Divulgação/PMES

O coronel Caus ainda garantiu que o planejamento da Operação Sentinela para o ano de 2021 já está pronto e que as ações da Polícia Militar serão incrementadas, seguindo com o foco no combate aos índices de homicídio e ao tráfico de drogas no Estado.

"Todo o planejamento da operação já está montado para o ano de 2021. Vamos aumentar a quantidade de mandados de busca e apreensão e o foco permanece o mesmo: o tráfico de drogas, indivíduos com mandados de prisão e homicidas", finalizou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Polícia Militar espírito santo tráfico de drogas

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.