ASSINE

Pai é preso suspeito de abusar sexualmente das filhas em Pinheiros

Vítimas, uma de 16 anos e outra de 14,contaram para uma tia que os abusos ocorriam há pelo menos seis anos, e a mulher fez a denúncia na Delegacia de Pinheiros

Colatina
Publicado em 14/04/2022 às 17h40

Um homem de 35 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (14) em Pinheiros, no Norte do Espírito Santo, suspeito de abusar sexualmente das próprias filhas. Segundo a Polícia Civil, a denúncia foi feita por uma tia das vítimas após as duas meninas, uma de 16 anos e outra de 14, revelarem os abusos. Em depoimento na delegacia do município, as vítimas contaram que os abusos aconteciam há pelo menos seis anos.

“As vítimas relataram na delegacia que vinham sofrendo abusos sexuais por parte do pai há alguns anos, principalmente quando ele fazia uso de drogas e de bebidas alcoólicas. O caso só veio à tona após as filhas do suspeito revelarem a situação para uma das tias, que realizou a denúncia. A partir daí, começamos a investigá-lo", informou o titular da Delegacia de Pinheiros, delegado Eduardo Mota.

Suspeito de 35 anos foi preso pela equipe da Delegacia de Polícia de Pinheiros.
Suspeito de 35 anos foi preso pela equipe da Delegacia de Polícia de Pinheiros. Crédito: Divulgação | Polícia Civil

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia de Pinheiros, e foi cumprido mandado de prisão temporária. Ele foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Mateus, onde ficará à disposição da Justiça.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.