ASSINE

Operação Caim: polícia prende 43 criminosos em todo o ES

Dos presos, 16 tinham mandados em aberto por homicídio. Também foram apreendidas armas, drogas, munições, rádios comunicadores, celulares e R$ 12 mil

Vitória
Publicado em 08/05/2020 às 20h59
Atualizado em 08/05/2020 às 21h02
Polícia faz operação em todo Estado na busca de traficantes e homicidas
Polícia faz operação em todo Estado na busca de traficantes e homicidas. Crédito: Polícia Civil

A Polícia Civil realizou nesta sexta-feira (8) a Operaçaõ Caim, com apoio das forças de segurança de todo o Espírito Santo. A 5ª fase da operação aconteceu na região metropolitana e em vários municípios do Estado. Foram 43 prisões, sendo 16 com mandados em aberto por homicídio. 

Além disso, também foram apreendidas 10 armas, incluindo uma granada, munições, cerca de R$ 12 mil em dinheiro, celulares, rádios comunicadores e camisas da polícia utilizadas por membros do tráfico para se passarem por policiais.

Também foi apreendida uma grande quantidade de drogas. Foram 5kg e 59 buchas de maconha, 200 gramas e 186 papelotes de cocaína, 200 gramas e 424 pedras de crack, 338 gramas e 42 bolas de haxixe e 15 porções de ecstasy.

VITÓRIA

A Operação Caim tem o intuito de diminuir o índice de criminalidade em todo o Espírito Santo, principalmente em relação a homicídios. Na Grande Vitória, foram 115 policiais civis e 66 militares participando da ação. O comandante do Comando de Polícia Ostensivo Metropolitano (CPOM), coronel Alessandro Juffo, informou que a Polícia Militar teve como foco as regiões do Morro do Cruzamento, Morro do Garrafa, Bairro da Penha, Itararé e Morro do Macaco.

O coronel afirmou também que as equipes policiais prenderam cinco pessoas, sendo uma com mandado de prisão em aberto por homicídio e outros quatro em flagrantes por porte de armas e drogas. Também foi apreendida uma granada.

Já o Chefe do Departamento Especializado de Narcóticos (Denarc), delegado Tarcísio Otoni, disse que o alvo de sua equipe foi o bairro Jesus de Nazareth, em Vitória. Um adolescente de 16 anos foi apreendido com uma pistola calibre .16mm e, de acordo com Otoni, o jovem tinha ligação com o tráfico de drogas da região. Além dele, foram outras 11 pessoas presas pela Polícia Civil na região metropolitana do Estado.

"Esse adolescente é considerado soldado do chefe do tráfico. Já vínhamos recebendo informações de que ele aterrorizava todo o bairro. Conseguimos prender também outras pessoas associadas ao tráfico, que foram encaminhadas ao presídio. Também encontramos pessoas que utilizavam camisas da polícia para se passarem por policiais, além de uma grande quantidade de drogas", comunicou.

INTERIOR DO ESTADO

No interior do Espírito Santo, foram realizadas 26 prisões, sendo três na Região Norte, cinco na Região Noroeste, 10 na Região Serrana e oito na Região Sul, todas relacionadas ao tráfico de drogas ou a homicídios.

O Superintendente de Polícia Regional Norte, Icaro Ruginski, informou que as operações foram em Linhares, Sooretama, Aracruz e Fundão, onde três indivíduos ligados ao tráfico de drogas e suspeitos de homicídios foram detidos. 

"Com eles foram encontradas três pistolas, uma quantidade de drogas separada e preparada para venda e R$ 12 mil provenientes do tráfico de drogas", afirmou o delegado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.