ASSINE

Mulher vem para o ES encontrar "amor da internet" e cai em golpe

A  vítima resolveu se separar da família para viver com um fazendeiro no Espírito Santo; ele a enganou, roubou seus pertences e a abandonou na estrada

Publicado em 13/05/2020 às 17h09
Atualizado em 13/05/2020 às 23h46
Delegacia Regional de Linhares
Delegacia Regional de Linhares . Crédito: Loreta Fagionato

Uma moradora de Chapecó, em Santa Catarina, foi vítima de um golpe aplicado por um homem que se passava por fazendeiro no Espírito Santo. De acordo com a Polícia Civil, a mulher, de 41 anos, e o suspeito se conheceram na internet. Seduzida pelo suposto fazendeiro, a vítima resolveu se separar do marido e da família para viver com o homem. Ele fingiu ser o motorista que a levaria até a fazenda, roubou todos seus pertences e depois a abandonou na estrada, no Norte do Estado.

De acordo com o chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo, a vítima relatou que os dois começaram a conversar por meio de uma rede social. Apaixonada pelo homem, que dizia ser um fazendeiro em Sooretama, a mulher resolveu terminar um casamento de mais de 20 anos e deixar os filhos para viver com o homem em sua fazenda no interior capixaba. O caso aconteceu na última semana, mas foi divulgado nesta quarta-feira (13), pela Polícia Civil. 

Além da família, a mulher ainda deixou o seu emprego, pegou parte do dinheiro da rescisão trabalhista e comprou presentes para agradar o novo namorado.

Segundo o delegado, quando desembarcou no aeroporto de Vitória, a vítima teve a primeira surpresa desagradável da viagem. Esperando ser recebida pelo suposto namorado, ela não o encontrou. Por telefone, ele solicitou que ela pegasse um carro até Linhares, onde eles poderiam se encontrar pela primeira vez.

Quando chegou em Linhares, mais uma surpresa: a vítima recebeu uma nova ligação do suspeito informando que um outro homem a levaria até a fazenda, em Sooretama, de carro. Quando embarcou no veículo, a mulher reconheceu pela voz que aquele era o homem com quem ela se relacionava virtualmente.

“Apesar de conversarem há muito tempo, ela tinha visto apenas fotos desse suposto fazendeiro, ele se negava a atender chamadas de vídeo, então ela tinha apenas as referências fotográficas”, explicou o delegado.

Segundo o delegado, a mulher contou que, quando estava dentro do automóvel, ela ingeriu uma bebida e não se recorda mais do que aconteceu em seguida. Ela foi encontrada horas depois, em uma área de mato nas imediações da BR 101. Um caminhoneiro que passava pela região localizou a vítima e ajudou no socorro.

De acordo com o delegado, a mulher foi localizada apenas com uma calça. Ela teve dinheiro, celular, cartões e todos os seus pertences levados.

A polícia informou que nenhum suspeito ainda foi detido, o caso segue em investigação. A mulher já retornou para Santa Catarina, com a ajuda do ex-marido.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.