ASSINE

Mulher é assassinada a tiro dentro de casa em Nova Venécia

Uma testemunha que mora na residência da vítima contou que dormia na hora do crime e acordou com o barulho de arma de fogo, mas que não viu quem teria efetuado o disparo

Rede Gazeta
Publicado em 12/04/2021 às 11h50
Atualizado em 12/04/2021 às 11h50
Mulher é assassinada a tiro dentro de casa em Nova Venécia
Mulher é assassinada a tiro dentro de casa em Nova Venécia. Crédito: Fred Loureiro

Uma mulher, identificada como Adrielly Regina Pereira da Silva, foi assassinada a tiro dentro da própria casa em Nova Venécia, no Noroeste do Espírito Santo. O crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira (12) no bairro Padre Giani. 

De acordo com informações da Polícia Militar, a equipe de radiopatrulha foi acionada para averiguar uma ocorrência de disparo de arma de fogo. 

Em relato aos policiais militares, uma testemunha que mora na residência de Adrielly contou estar dormindo e acordou com o barulho do disparo de arma de fogo. Foi então até a sala da casa, onde a vítima estava, e se deparou com ela caída no sofá. 

Segundo a Polícia Militar, a testemunha afirmou ainda que quando se deitou para dormir não observou se Adrielly estava conversando com alguém que pudesse ser citado como suspeito de ter cometido o crime.

Corpo de Bombeiros esteve no local para realizar o resgate da vítima, mas constataram que ela já estava sem sinais de vida.

Em conversa com a reportagem de A Gazeta, o delegado de Nova Venécia, Willian Dobrovosk afirmou que assim que soube do homicídio pediu para que um policial fosse investigar o caso. Segundo o delegado, ainda não é possível afirmar se a morte está relacionada com feminicídio.

"Ainda não podemos afirmar com precisão se a morte dela foi em razão do gênero, no caso um feminicídio. Vamos continuar investigando, mas ainda não conseguimos apurar a causa", afirmou. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.