ASSINE

Mais de uma tonelada de drogas são encaminhadas para destruição no ES

Ação realizada nesta sexta-feira (26) apresentou o volume de drogas apreendidas no Estado no primeiro semestre do ano, entre elas maconha, cocaína, crack, sintéticas e outras. Incineração ocorrerá em uma siderúrgica na Grande Vitória

Publicado em 26/06/2020 às 12h13
Atualizado em 26/06/2020 às 13h16
Mais de uma tonelada de drogas foram encaminhadas para incineração nesta sexta-feira (26)
Mais de uma tonelada de drogas foram encaminhadas para incineração nesta sexta-feira (26). Crédito: Divulgação/Polícia Civil

Quase que diariamente as forças de segurança do Estado realizam operações e nelas são apreendidas drogas de todos os tipos, além de armas e munições. O somatório de entorpecentes retirados das ruas ultrapassou a marca de uma tonelada apenas no primeiro semestre deste ano. Todo o material apreendido na Grande Vitória e também proveniente de outras regiões do Espírito Santo será incinerado nesta sexta-feira (26) em uma siderúrgica da Região Metropolitana.

O entorpecente apreendido em maior quantidade é a maconha, seguida de cocaína e também crack, mas também há drogas sintéticas e outros materiais em menor quantidade.

O Departamento Especializado em Narcóticos (Denarc) é responsável pela logística e transporte do material. Apenas policiais e alguns funcionários da empresa permanecem na área durante a incineração. A escolha da data para a queima do material se deu em alusão ao Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas. No mês de junho é realizada a Semana Nacional de Políticas Sobre Drogas, criada em 2019, quando foi incluída na Lei Antidrogas nacional, informou a assessoria da Polícia Civil.

“A retirada dessa droga do mercado representa um forte golpe na estrutura do tráfico de drogas. Isso é fruto de um trabalho das Polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal, além das Guardas Municipais, que atuam em conjunto, e demonstram para a sociedade o quanto as polícias vêm trabalhando no combate à oferta da droga", ressaltou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

BALANÇO DO DENARC

Na ocasião, o chefe do Departamento Especializado em Narcóticos também fez um balanço sobre o trabalho do Denarc no primeiro semestre de 2020. Entre janeiro e junho deste ano, mais de 400 quilos de drogas foram apreendidos nas operações realizadas apenas pelo órgão.

Em 240 operações, foram retirados de circulação quase 395 quilos de maconha, mais de 02 quilos de crack e 11 quilos de cocaína.

O governador Renato Casagrande esteve presente na coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (26)
O governador Renato Casagrande esteve presente na coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (26). Crédito: Divulgação/Polícia Civil

Isso representa um aumento de 20% no volume de apreensões, com relação ao primeiro semestre do ano passado, quando foram apreendidos, cerca de, 320 quilos de entorpecentes, em 349 operações.

“Durante a semana, são intensificadas as ações de promoção de eventos para o debate público sobre as políticas antidrogas. Como símbolo de um dos eixos fundamentais do enfrentamento às drogas, o Denarc realizou, nesta sexta-feira, o encaminhamento de mais de uma tonelada de drogas apreendidas nesse primeiro semestre de 2020. Essas apreensões demonstram o compromisso com ações de redução de oferta de drogas”, disse o chefe do departamento, delegado Tarcísio Otoni.

ARMAS

Além das drogas, a Polícia Civil também apresentou armas apreendidas ao longo do ano simultaneamente nas operações realizadas. Entre elas, revólveres e pistolas. Em relação ao armamento, a assessoria da PC informou que as mesmas também serão destruídas, porém, a destruição ocorrerá de outra maneira. Neste caso, a responsabilidade fica a cargo da Delegacia Especializada em Fiscalização de Armas, Munições e Explosivos (Defaem), antiga Dame.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Polícia Civil drogas espírito santo tráfico de drogas

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.