ASSINE

Jovem é baleado na cabeça durante roleta-russa em festa de aniversário em Guaçuí

O caso aconteceu no dia em que o jovem estava completando 18 anos, durante um churrasco de comemoração. Ele foi socorrido em estado grave

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 13/04/2021 às 09h41
A arma utilizada foi encontrada pela Polícia Militar, próximo a residência, embaixo de folhas secas
A arma utilizada foi encontrada pela Polícia Militar, próximo a residência, embaixo de folhas secas. Crédito: Polícia Militar

Um jovem foi baleado na cabeça durante uma "brincadeira" de roleta-russa, nesta segunda-feira (12), em Guaçuí, no Caparaó Capixaba. O incidente aconteceu na comemoração do aniversário de 18 anos do rapaz. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros em estado grave.

O caso aconteceu na zona rural do município, em uma casa às margens da rodovia ES 484, que liga o município de Guaçuí a São José do Calçado. Segundo a Polícia Militar, quando os policiais chegaram ao local, duas testemunhas contaram que o amigo estava baleado dentro da residência.

Os policiais encontraram o jovem no sofá, ainda lúcido e acionaram o Corpo de Bombeiros, que levou a vítima para o pronto-socorro de Guaçuí. De acordo com os Bombeiros, apesar da lucidez, o estado da vítima era bem grave, pois havia uma hemorragia no local do disparo.

Ainda segundo informações da polícia, as duas testemunhas contaram que estavam realizando um churrasco na residência para comemorar o aniversário da vítima, quando uma terceira pessoa pegou um revólver, retirou as munições e falou que iria "brincar" de roleta-russa.

Os jovens que testemunharam o caso disseram que, quando ele apontou a arma em direção à vítima e puxou o gatilho, na segunda vez, a arma disparou, acertando a cabeça da vítima. Eles afirmaram à polícia que não sabiam informar dados do suspeito que atirou e que ele teria fugido do local.

Durante a ocorrência, a polícia fez buscas, mas não localizou o suspeito, encontrou apenas a arma do crime, um revólver taurus calibre 38 com uma cápsula deflagrada no tambor. A arma estava próximo à residência, em um barranco, debaixo de algumas folhas secas.

Após o atendimento no pronto-socorro, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) transferiu o jovem para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim, onde permanece internado na manhã desta terça-feira (13).

O caso foi encaminhado para a Delegacia Regional de Alegre. A Polícia Civil irá investigar o caso e denúncias anônimas podem ser realizadas através do sítio eletrônico disquedenuncia181.es.gov.br ou via telefone pelo 181. Em caso de emergência, as equipes poderão ser acionadas pelo 190.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.