ASSINE

Jovem é agredida no ES e diz que precisou lutar com marido para não morrer

Caso aconteceu no bairro Ataíde, em Vila Velha, e o homem foi preso em flagrante após confraternização de aniversário

Publicado em 24/12/2021 às 17h17
Delegacia da mulher na Ilha de Santa Maria em Vitória
Plantão Especializado da Mulher. Crédito: Vitor Jubini

Uma jovem de 21 anos foi agredida pelo companheiro no bairro Ataíde, em Vila Velha, na Grande Vitória, na noite desta quinta-feira (23). Ela disse que precisou lutar com o homem para não morrer. A vítima ficou com um olho roxo e hematomas nas costas.

De acordo com a jovem, as agressões aconteceram após a comemoração do aniversário de 25 anos do marido. A mulher disse que o homem passou mal após ter bebido muito na comemoração e ficou irritado quando a mulher insistiu que ele fosse para o outro quarto.

Ela contou que precisou pegar uma faca para se proteger e cortou o dedo dele. Foi o dono da casa onde eles moram que chamou a Polícia Militar. O agressor foi preso em flagrante. A mulher contou que essa foi a terceira vez que ela foi agredida pelo companheiro.

Com informações do G1/ES

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.