ASSINE

Jovem defende desconhecida de ataque do ex e é esfaqueada em Vila Velha

O caso foi registrado nesta sexta-feira (1°). O suspeito, um cervejeiro de 30 anos, foi detido e levado para o Plantão Especializado da Mulher (PEM), em Vitória

Publicado em 01/10/2021 às 18h14
Mulher vítima de agressão é defendida por desconhecida no Espírito Santo
Cozinheira foi vítima de agressão e defendida por desconhecida em Vila Velha. Crédito: Rodrigo Gomes

Uma jovem de 23 anos foi esfaqueada ao tentar proteger uma desconhecida de agressões do ex-namorado no bairro Praia da Costa, em Vila Velha, na manhã desta sexta-feira (1º). O suspeito, um cervejeiro de 30 anos, foi detido. A ex-namorada dele, uma cozinheira de 32 anos, também foi ferida com um golpe superficial no abdômen.

Segundo a cozinheira, que não quis ser identificada, o seu relacionamento com o cervejeiro durou seis meses e ela teria terminado há quatro meses devido às agressões que sofria. A vítima contou ainda que, há 15 dias, ele pediu para voltar e disse que tinha mudado. Ela resolveu dar uma nova chance. Porém, as agressões continuaram e a mulher terminou novamente com o agressor.

X.

Cozinheira agredida pelo ex-namorado

"Levei minha filha na escola, por volta de 7h30, e fui à padaria comprar pão. Quando saí, ele estava com uma faca na mão e um martelo na cintura e disse que ia me matar. Ele pegou no meu pescoço, me colocou na parede e aí veio uma moça que eu nunca tinha visto e mandou ele me largar. Ela dizia: "Larga ela, seu covarde, larga ela. Eu não vou sair. Não vou deixar ela sozinha". "

Alguns homens que passavam de carro pelo local viram a agressão. Quando eles se aproximaram para tentar socorrer as duas, o agressor deu uma facada no abdômen da ex-namorada e um golpe na costela da jovem que tentou proteger a cozinheira.

Após esfaqueá-las, o homem foi contido por moradores, que o espancaram e o amarraram até a chegada da polícia.

X.

Cozinheira agredida pelo ex-namorado

"Eu sou filha de mãe solteira, que não aceitou agressão do meu pai. Eu também não aceito agressão de homem. Não aceitem. Denunciem mesmo. Se não tomarmos uma atitude, eles fazem o que eles querem"

A cozinheira sofreu um ferimento superficial no abdômen e a jovem que a defendeu precisou ser socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha. O estado de saúde dela não era considerado grave.

O homem foi detido e levado para a Delegacia do Plantão Especializado da Mulher (PEM), em Vitória. A Polícia Civil informou que a ocorrência está em andamento.

*Com informações da repórter Daniela Carla, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.