ASSINE

Homem é preso após agredir esposa e incendiar casa em Venda Nova

Segundo relato da vítima à PM, as agressões teriam começado depois de a mulher perguntar ao marido sobre dinheiro para pagar o aluguel da residência

Tempo de leitura: 2min
Cachoeiro de Itapemirim
Publicado em 17/12/2021 às 11h41
Campo de bocha pega fogo em Venda Nova do Imigrante
O incêndio aconteceu no bairro Vila da Mata, em Venda Nova do Imigrante. Crédito: Victor Hugo Monteiro

Um homem de 29 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso no bairro Vila da Mata, em Venda Nova do Imigrante, na Região Sul Serrana do Espírito Santo, na tarde desta quinta-feira (16). De acordo com informações da Polícia Militar, ele agrediu a esposa e incendiou a residência do casal. O suspeito foi autuado em flagrante pelos crimes de vias de fato e ameaça na forma da Lei Maria da Penha e também por incêndio. A mulher conseguiu fugir do local. 

A vítima contou para a Polícia Militar que chegou do serviço e, ao questionar o seu companheiro sobre uma quantia em dinheiro para pagar o aluguel, foi agredida fisicamente com tapas e chutes. Ela conseguiu fugir das agressões e localizou a equipe policial, momento em que o homem ateou fogo na casa e fugiu, mas depois foi localizado no Centro da cidade.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas, ao chegar no local, um caminhão-pipa da prefeitura já estava prestando o primeiro atendimento. No casa, os militares constataram que o imóvel incendiado, quase todo de madeira, foi completamente tomado pelas chamas. O local foi isolado e, junto com o carro-pipa da prefeitura, a corporação realizou o combate ao fogo. Não houve feridos socorridos pelo Corpo de Bombeiros Militar.

Este vídeo pode te interessar

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o homem de 29 anos, conduzido à Delegacia Regional de Venda Nova do Imigrante pela Polícia Militar, foi autuado em flagrante pelos crimes de vias de fato e ameaça na forma da Lei Maria da Penha; e por incêndio. Ele foi levado para o sistema prisional.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.