ASSINE

Ex-namorado confessa que matou técnica de enfermagem em São Mateus

Investigador da Polícia Civil afirma que o homem se apresentou na delegacia nesta segunda (11). Ancila Viana dos Santos, 34 anos, foi morta a facadas

Colatina
Publicado em 11/10/2021 às 17h23
São Mateus
Ancila Viana dos Santos, de 34 anos, foi encontrada morta dentro de casa. Crédito: Reprodução/Redes sociais

O suspeito de matar a facadas Ancila Viana dos Santos, de 34 anos, na tarde deste sábado (9), em São Mateus, se apresentou à polícia na manhã desta segunda-feira (11), e confessou o crime. Em entrevista à repórter Rosi Bredofw, da TV Gazeta Norte, o investigador da Polícia Civil Claudio Caran disse que o homem alegou ter matado a mulher em legítima defesa. Segundo testemunhas, ele é um ex-namorado da vítima. 

Ancila era técnica de enfermagem e trabalhava há dois anos no posto de saúde do bairro Santo Antônio e no US3, em São Mateus. A mulher foi morta a facadas dentro de casa.

“Parecia uma cena de filme de filme de terror. O corpo estava no chão todo ensanguentado, havia sangue nas paredes e por todo o chão casa”, afirmou o investigador da Polícia Civil.

De acordo com Caran, a perícia feita no local aponta que o crime ocorreu por volta das 3h da madrugada de sábado. Mas Ancila só foi encontrada pela mãe durante a tarde. O Corpo de Bombeiros confirmou a morte da mulher no local, vítima de uma arma branca (faca).

DEPOIMENTOS

Familiares e vizinhos foram ouvidos pela polícia nesta segunda-feira (11). Segundo o investigador, foi através desses depoimentos que a polícia identificou o suspeito do crime como sendo um ex-namorado de Ancila.

“Um Celta prata parou em frente à casa da mulher, e o homem que estava no carro entrou. Vítima e suspeito ingeriram bebida alcoólica e, depois, algumas testemunhas ouviram gritos da vítima. Por volta de 3h da madrugada que o homicídio ocorreu. As testemunhas foram determinantes para identificar que o veículo pertencia ao ex-namorado da vítima”, afirmou.

O suspeito se apresentou na delegacia e confessou o crime. O investigador Claudio Caran informou que o homem alegou legítima defesa, mas que não pode dar mais detalhes sobre o depoimento do ex-namorado da técnica de enfermagem, porque o inquérito policial segue sob sigilo.

Segundo ele, as investigações continuam e ainda aguardam os resultados dos laudos da perícia da Polícia Civil. “Quem vai dizer se realmente foi legítima defesa ou não são os laudos da perícia, que ainda estão sendo analisados”, explica.

MULHER MORTA EM GURIRI

Ancila é a segunda mulher encontrada morta em São Mateus nesta semana. Na quinta-feira (7), a  corretora de imóveis e também dona de pousada, Lindaura Rodrigues, de 56 anos,  foi assassinada a tiros dentro de casa, no bairro Guriri. Para o investigador Cláudio Caran, a polícia está perto de chegar aos suspeitos desse crime.

“As investigações estão bem encaminhadas. Estamos perto de apontar os autores do homicídio. Já temos os suspeitos”, afirmou Caran.

Ainda de acordo com o investigador, mais detalhes não serão divulgados para não atrapalhar as investigações.

Com informações de Rosi Bredofw, da TV Gazeta Norte

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.