ASSINE

Ex-inspetor penitenciário é assassinado a tiros em São Mateus

Alexandre Soares Martins, 38 anos, foi morto a poucos metros de onde morava. Ele atuou na Secretária de Justiça por oito anos

Publicado em 19/09/2020 às 19h35
Atualizado em 19/09/2020 às 20h43
Vítima já atuou como inspetor penitenciário
Alexandre Soares Martins foi morto a tiros em São Mateus. Crédito: Reprodução/Facebook

O ex-inspetor penitenciário Alexandre Soares Martins, de 38 anos, foi assassinado a tiros na manhã deste sábado em São Mateus, no Norte do Estado. Segundo a Secretaria de Estado de Justiça (Sejus), ele atuou na área por oito anos (2010-2018), no próprio município. 

O crime aconteceu a poucos metros da casa de Alexandre, no bairro Seac. Segundo a Polícia Militar, ele caminhava pela rua quando foi atingido pelos disparos e morreu no local. Nenhum suspeito foi preso. 

São Mateus
O corpo de Alexandre ficou caído na rua, a poucos metros de sua casa, no bairro Seac. Crédito: Internauta

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Linhares. A família de Alexandre esteve no local, mas não soube dizer como o crime aconteceu e nem o que pode ter motivado. A Polícia Civil informou que o caso será investigado pela Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus. 

Segundo a Sejus, Alexandre atuou como inspetor penitenciário em regime de designação temporária no período entre novembro de 2010 e junho de 2018. A polícia ressalta que qualquer denúncia a respeito do crime pode ser feita, de forma anônima, através do Disque-Denúncia 181, ou do disquedenuncia181.es.gov.br.

Polícia Civil São Mateus Sejus homicídio são mateus

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.