ASSINE

"Estava feliz por começar a estudar", diz tio de criança morta em Vila Velha

Alice da Silva Almeida, de 3 anos, foi atingida por pelo menos dois tiros depois que um adolescente, alvo dos criminosos, pulou o quintal da residência para fugir dos bandidos que o perseguiam

Publicado em 10/02/2020 às 10h25
Atualizado em 10/02/2020 às 19h58
Alice da Silva Almeida morreu após ser baleada em casa. Crédito: Arquivo pessoal
Alice da Silva Almeida morreu após ser baleada em casa. Crédito: Arquivo pessoal

Carinhosa, amável, um "grudinho". Assim familiares, professores e amigos da família caracterizam a menina Alice da Silva Almeida, de 3 anos, que morreu após ser baleada dentro de casa, no bairro Dom João Batista, em Vila Velha. Na noite deste domingo (09), a menina foi atingida por pelo menos dois tiros depois que um adolescente, alvo dos criminosos, pulou o quintal da residência para fugir dos bandidos. Na perseguição, a menina acabou sendo atingida.

Alice estava empolgada. Há uma semana, foi para a escola pela primeira vez. "Começava a escrever sua história", homenageou a associação de moradores de Aribiri, bairro vizinho.

Um tio da criança, que não quis se identificar, contou que a menina estava feliz com as aulas. "Estava muito empolgada, muito mesmo. Era carinhosa com todo mundo", disse o tio, chorando.

A família já reconheceu o corpo da criança no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória . O avô da menina, que é sargento da Polícia Militar, foi ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para cuidar dos trâmites.

VELÓRIO

O velório da menina vai ser na Igreja Batista do bairro onde ela morava. O horário ainda não foi definido.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.