ASSINE

Dupla rouba carro e deixa taxista amarrado em plantação de Fundão

Os suspeitos foram detidos após uma perseguição da Polícia Militar na cidade vizinha de Ibiraçu. Na fuga, o suspeito que estava dirigindo o veículo roubado perdeu o controle e acabou se chocando com a viatura

Colatina / Rede Gazeta
Publicado em 05/09/2021 às 18h13
Os criminosos foram presos após uma perseguição da Polícia Militar
Os criminosos foram presos após uma perseguição da Polícia Militar. Crédito: Polícia Militar / Divulgação

Um taxista de Fundão, na Grande Vitória, viveu momentos de tensão após ter o seu veículo roubado na Praia Grande. O motorista foi amarrado e deixado em uma plantação de eucaliptos. Dois suspeitos foram detidos após uma perseguição da Polícia Militar na cidade vizinha de Ibiraçu, no Norte do Espírito Santo

De acordo com a PM, o táxi foi roubado na estrada de Biriricas, na última sexta-feira (3). Os assaltantes estavam armados e teriam solicitado uma corrida da vítima. Após pegar o veículo, os criminosos deixaram o motorista amarrado em um plantação de eucaliptos da região. Os militares foram informados da situação e iniciaram a busca pelos suspeitos.

Segundo informações da PM, o veículo foi encontrado na região do trevo de Ibiraçu, sentido Aracruz. A polícia relatou que sinais sonoros foram dados para que os suspeitos parassem o carro, mas as advertências foram ignoradas. Diante disso, os agentes começaram a perseguir o táxi.

Na fuga, o suspeito que estava dirigindo o veículo perdeu o controle e acabou se chocando com a viatura da Polícia Militar. O táxi ficou com a parte da frente danificada.  Segundo a polícia, dois jovens, de 21 e 23 anos, estavam no carro e foram detidos. Um deles ainda fugiu correndo, mas foi capturado alguns minutos depois.

Criminosos estavam com celulares e arma
Criminosos estavam com celulares e arma . Crédito: Polícia Militar / Divulgação

Com eles, os militares apreenderam três celulares, uma machadinha e um revólver com três munições, sendo uma intacta e duas deflagradas. Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Aracruz. O nome deles não foi informado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.