ASSINE

Criança e dois moradores ficam feridos durante tiroteio em Vitória

Segundo testemunhas, criminosos que atiraram são de facção do Bairro da Penha e do Morro do Macaco que foram atacar rivais de Joana D'arc. Cápsulas ficaram espalhadas no bairro

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 22/04/2021 às 16h58
Menina de oito anos foi atingida de raspão nb
Menina de oito anos foi atingida por estilhaços de bala. Crédito: Caique Verli

Correção

22 de Abril de 2021 às 17:22

A primeira versão desta reportagem informava que uma criança também havia sido baleada. No entanto, a Polícia Militar corrigiu a informação explicando que a criança foi atingida pelos estilhaços da bala. A informação foi corrigida no título e no texto.

Duas pessoas foram baleadas na tarde desta quinta-feira (22) durante um tiroteio que aconteceu no bairro Joana D'arc, em Vitória. Uma menina de oito anos também ficou ferida após ser atingida por estilhaços de bala. Segundo testemunhas, ela e outras oito crianças brincavam em um parquinho do bairro quando suspeitos passaram atirando.

De acordo com apurações da reportagem da TV Gazeta, o filho de uma moradora – que não quis ser identificado – também estava no parque. A mãe do menino ficou apavorada quando ouviu os disparos.

Moradores relataram que suspeitos desceram uma escadaria atirando. Além da criança, que foi ferida pelos estilhaços da bala, uma moradora que estava em casa foi atingida. A troca de tiros continuou na rua e ainda acertou outro morador. Ambos foram socorridos para um hospital.

Testemunhas afirmaram que os bandidos são de uma facção do Bairro da Penha e do Morro do Macaco que foram atacar rivais de Joana D'arc. Várias cápsulas ficaram espalhadas no bairro. Muitas casas também ficaram com as marcas de tiros.

Os moradores de Joana D'arc contam que os tiroteios no bairro são frequentes e eles vivem reféns do medo.

A reportagem acionou a Polícia Militar que, em nota, disse que no local a equipe apurou que os tiros partiram de um veículo que estava na parte alta da região. A mulher que foi atingida, foi socorrida por populares ao Hospital Estadual de Urgência de Emergência.

Já o homem, que também foi baleado, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o mesmo hospital. A PM diz que a menina de oito anos que foi socorrida ao Hospital Infantil de Vitória foi atingida por estilhaços de bala. Equipes da Força Tática reforçam o policiamento na região.

Também questionada pela reportagem, a Polícia Civil informou que, na tarde desta quinta-feira (22), a equipe do plantão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada. Até o momento, nenhum suspeito foi detido. Diligências ainda estão em andamento e não há mais detalhes.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Polícia Civil Vitória (ES) Polícia Militar crime tráfico de drogas

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.