ASSINE

Bala perdida atinge mãe que amamentava filho em Cariacica

Mulher de 21 anos foi atingida na região da boca às 8h30 desta quinta-feira (16), no bairro Sotelândia. PM recebeu informações de troca de tiros entre criminosos na região

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 16/09/2021 às 16h12
Atualizado em 17/09/2021 às 10h45
Viatura da Polícia Militar
Polícia Militar foi acionada para atender ocorrência no bairro Sotelândia, em Cariacica. Crédito: Carlos Alberto Silva

Uma jovem de 21 anos foi atingida por um tiro de bala perdida enquanto amamentava o filho na varanda de casa por volta das 8h30 desta quinta-feira (16), no bairro Sotelândia, em Cariacica. A mulher teve um ferimento na boca e foi encaminhada para um hospital em Vitória.

Polícia Militar informou que, enquanto os militares passavam pelo bairro, foram abordados por uma senhora que informou que um indivíduo de jaqueta preta teria passado armado pelo local. Com medo de ser assaltada, ela conseguiu correr. Com a descrição, os policiais localizaram o suspeito.

Segundo a PM, ao perceber a presença dos militares, o homem correu e entrou em um terreno de mata e, naquele momento, foram ouvidos disparos. O suspeito conseguiu fugir.

A corporação disse que, conversando com moradores da região, os militares souberam que a jovem de 21 anos teria ficado ferida. Ela foi, então, encaminhada ao Pronto-Atendimento de Alto Lage, no mesmo município, de onde foi transferida para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE), em Vitória.

Quando a vítima ainda estava no PA de Alto Lage, ela foi ouvida pelos militares e narrou que estava amamentando o filho quando ouviu um barulho e percebeu que tinha sido atingida na região da boca. 

A Polícia Militar também explicou que recebeu informações de que, antes de o suspeito ser visto pelos militares, houve uma troca de tiros entre bandidos da região, podendo o homem ser um dos criminosos envolvidos.

O QUE DIZ A POLÍCIA CIVIL

A Polícia Civil informa que o fato será investigado por meio da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM) e, até o momento, nenhum suspeito de cometer o crime foi detido.

A PCES destaca que a população pode auxiliar na investigação por meio do telefone 181. O Disque-Denúncia é uma ferramenta segura, onde não é necessário se identificar para denunciar. Todas as informações recebidas são investigadas. As informações ao Disque-Denúncia ainda podem ser enviadas por meio do site, onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas.

O QUE DIZ A PM

A Polícia Militar informa que, por meio da 5ª Companhia do 7º Batalhão, realizava policiamento ostensivo no bairro Sotelândia, em Cariacica, diariamente. Ainda, o comando regional ressalta que está sempre à disposição da comunidade para que ela possa se inteirar sobre o policiamento realizado na região e também para ouvir as reclamações e sugestões da população em relação ao trabalho que é feito no local. Vale lembrar que denúncias sobre suspeitos que estejam envolvidos na ocorrência podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia (181), o sigilo é garantido.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Polícia Militar crime homicídio

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.