ASSINE

Alfaiate morre com tiro de bala perdida ao passar de moto em Aribiri

O crime aconteceu por volta das 19h desta quinta-feira (2), em Vila Velha. O alvo do suspeito seriam dois homens, que também foram atingidos e sobreviveram

Publicado em 03/01/2020 às 08h25
Atualizado em 03/01/2020 às 09h08
Valdemir Rauta passava de moto pela Avenida Jerônimo Monteiro, em Aribiri, quando foi atingido por tiro de bala perdida no peito. Crédito: Acervo pessoal
Valdemir Rauta passava de moto pela Avenida Jerônimo Monteiro, em Aribiri, quando foi atingido por tiro de bala perdida no peito. Crédito: Acervo pessoal

Um motociclista morreu após levar um tiro de bala perdida no peito ao voltar do trabalho para a casa no bairro Aribiri, em Vila Velha. O crime aconteceu na Avenida Jerônimo Monteiro, por volta das 19h desta quinta-feira (2). 

Avenida Jerônimo Monteiro, em Aribiri, Vila Velha, por onde passava alfaiate que morreu vítima de bala erdida. Crédito: Isaac Ribeiro
Avenida Jerônimo Monteiro, em Aribiri, Vila Velha, por onde passava alfaiate que morreu vítima de bala erdida. Crédito: Isaac Ribeiro

De acordo com a Polícia Civil, Valdemir Rauta, de 34 anos, trabalhava como alfaiate e passava de moto pelo local no momento em que o crime ocorreu. O alvo, segundo a polícia, eram dois homens que compravam picolés na hora dos disparos. Um deles, de 32 anos, foi atingido por dois disparos, na perna e nas costas. O amigo dele, de 28 anos, ficou ferido com um tiro nas nádegas.

As vítimas contaram à Polícia Civil que estavam com um amigo em frente a uma casa de rações na Avenida Jerônimo Monteiro quando um homem chegou armado com uma pistola. Eles disseram que tentaram correr, mas foram atingidos. O motociclista Valdemir Rauta foi ferido com uma bala perdida no peito e morreu no local. O caso foi registrado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.