ASSINE

Acusado de matar casal e de sequestrar gerente de banco é preso em Vitória

A prisão foi realizada em uma ação do Departamento de Homicídios nesta terça-feira (1°) no Morro do Macaco. A ação contou com o apoio de 40 policiais

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 01/06/2021 às 09h22
Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)
A prisão do envolvido no sequestro de gerente de banco e da morte de um casa foi realizada por policiais do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vitória. Crédito: Fernando Madeira

Uma operação do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa  prendeu um homem que participou do sequestro do gerente da agência bancária do Banco do Brasil de Ibiraçu, ocorrido no ano passado na cidade do Norte capixaba.

A prisão ocorreu nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (1º), no Morro do Cabral, em Vitória, e contou com a participação de aproximadamente 40 policiais. Além do sequestro, o criminoso ainda é acusado de matar um casal. O nome do preso ainda não foi divulgado.

A assessoria da Polícia Civil foi demandada para mais detalhes da ocorrência. Assim que houver resposta, o texto será atualizado.

O SEQUESTRO

No dia 6 de julho do ano passado, o gerente e a namorada dele foram rendidos em casa. Os cinco criminosos - entre eles o homem preso nesta terça-feira (1º) - obrigaram que a vítima fosse até a agência da cidade e esvaziasse o cofre do banco. Foram cerca de R$ 150 mil levados pelos sequestradores.

Antes, porém, o grupo manteve o casal refém durante boa parte da madrugada.  Pela manhã, o gerente foi coagido e forçado a ir até a agência para pegar os valores e colocá-los em sacolas de lixo. Enquanto isso, a namorada era mantida sob cárcere privado na residência. Após o gerente pegar a quantia, o trabalhador seguiu até um trecho da BR 101 onde teve de deixar o dinheiro. Cumprindo com as ordens dos criminosos, a mulher dele foi libertada horas depois no Morro do Moreno, em Vila Velha.

Nos dias seguintes ao sequestro, a polícia prendeu em Domingos Martins, dois dos cinco envolvidos na ação. Um cerco no trevo de Campinhos, na BR 262, interceptou um veículo com características semelhantes à descrita no crime ocorrido em Ibiraçu. A prisão da dupla foi feita dois dias após o caso ter sido registrado na pequena cidade do ES.

Com informações de Dani Carla, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.