ASSINE

Crime em Linhares: "Poderia ter sido resolvido na conversa", diz delegado

O crime aconteceu nesta segunda-feira (10); vítima e autor de crime se desentenderam em função de uma vala na propriedade do suspeito

Publicado em 10/02/2020 às 20h50
Atualizado em 10/02/2020 às 21h03
Wolmar Borges, produtor rural, assassinado em Linhares. Crédito: TV Gazeta Norte/Reprodução
Wolmar Borges, produtor rural, assassinado em Linhares. Crédito: TV Gazeta Norte/Reprodução

A Polícia Civil de Linhares, no Norte do Estado, está buscando o suspeito de assassinar o produtor rural e pecuarista Wolmar Borges, 56 anos, na tarde desta segunda-feira na região de Cacimbas, no interior do município. O chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo, confirmou que já tem indícios de quem é o suspeito, e que os dois se desentenderam em função de uma vala na propriedade do autor do crime.

Testemunhas relataram que a vítima não queria que uma vala fosse fechada, porque a propriedade dele estava alagada por causa da cheia do Rio Doce, e isso poderia agravar a situação. O suspeito discordava, alegando que a vala estava na sua propriedade. Os dois começaram a discutir. Em seguida, o homem sacou a pistola e atirou em Wolmar. O suspeito fugiu logo em seguida, antes da chegada dos militares.

Fabrício Lucindo

Chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares

"Esse tipo de problema entre os dois poderia ser resolvido com uma boa conversa. Afinal eles se conheciam há anos, infelizmente acabou dessa forma. Esse crime abalou a sociedade linharense"

Sobre as investigações, o delegado afirmou que deve ouvir ainda na noite desta segunda-feira (10), uma testemunha chave para solução do caso. “Essa pessoa já está aqui na delegacia e presenciou a discussão entre os dois envolvidos, e em seguida viu o assassinato”, detalhou.

O delegado confirmou ainda que pretende pedir nesta terça-feira (11) a prisão temporária do suspeito. “Vou solicitar a prisão temporária dele logo no início dos trabalhos do judiciário aqui em Linhares”, afirmou o delegado.

O crime foi na região de Cacimbas, no interior do munícipio. Crédito: Luiz Zardini
O crime foi na região de Cacimbas, no interior do munícipio. Crédito: Luiz Zardini

Fabrício Lucindo destacou ainda que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir de forma anônima, com informações do paradeiro do suspeito através do Disque-Denúncia 181.

Fabrício Lucindo

Delegado

"Tão logo nossa equipe foi acionada nós começamos a fazer as buscas com o apoio da Polícia Militar para tentar localizar esse suspeito, mas qualquer informação é fundamental”, disse o delegado"

O delegado afirmou ainda que pretende liberar o corpo da vítima nas próximas horas. De acordo com a família, o velório será realizado na  Igreja Batista Memorial de Linhares, no Centro do município. O horário ainda não está definido.  

A Gazeta integra o

Saiba mais
Linhares linhares es norte

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.