Reportagem de A Gazeta não encontra cervejas da Backer em supermercados de Vitória

A Backer é investigada depois da morte de uma pessoa e a internação de outras dez que teriam consumido a cerveja Belorizontina, fabricada pela empresa de Minas Gerais

Publicado em 14/01/2020 às 14h14
Atualizado em 15/01/2020 às 09h22
Em supermercado de Jardim da Penha, em Vitória, não há mais cervejas da Backer. Crédito: A Gazeta
Em supermercado de Jardim da Penha, em Vitória, não há mais cervejas da Backer. Crédito: A Gazeta

Após uma resolução do Ministério da Agricultura, que suspendeu a comercialização de todos os produtos da cervejaria Backer fabricados entre outubro de 2019 e 13 de janeiro de 2020, a reportagem de A Gazeta fez uma ronda em supermercados de Vitória na manhã desta terça-feira (14) e não encontrou cervejas da empresa mineira nas prateleiras.

A reportagem esteve em unidades de sete redes: OK Hipermercado, Carone, Extra Plus, Epa, Perim, Extrabom e Atacadão. Em todas elas, não foram encontrados nenhum produto da cervejaria mineira. Desde a última semana, alguns supermercados, como o Carone e o Perim, já tinham anunciado que recolheram as cervejas da Backer.

As vigilâncias sanitárias dos municípios da Grande Vitória também intensificaram a fiscalização em supermercados para recolher garrafas de cerveja da Backer. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento determinou na segunda-feira (13) a suspensão da comercialização de todos os produtos da cervejaria mineira fabricados entre outubro de 2019 e 13 de janeiro de 2020.

A Backer é investigada depois da morte de uma pessoa e a internação de outras dez que teriam consumido a cerveja Belorizontina, fabricada pela empresa de Minas Gerais.

O capixaba Luiz Felippe Teles Ribeiro, de 37 anos, é um dos contaminados e está internado em estado grave. De acordo com amigos, o quadro clínico do engenheiro é estável. Natural de Marataízes, Luiz Felippe vive em Belo Horizonte com a mulher, onde trabalha como engenheiro metalúrgico.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.