ASSINE

Coronavírus no ES: escolas de samba produzem e doam máscaras e marmitas

Costureiros e aderecistas da Boa Vista, atual campeã do Carnaval de Vitória, estão produzindo máscaras. Já a MUG está distribuindo comida pronta para que os moradores da comunidade fiquem em casa

Publicado em 07/04/2020 às 17h42
Atualizado em 30/04/2020 às 08h26
  • Any Cometi

    Do G1 ES
Costureiros e aderecistas da Boa Vista confeccionam máscaras
Costureiros e aderecistas da Boa Vista confeccionam máscaras. Crédito: Divulgação/Boa Vista

Os desfiles das escolas de samba acontecem apenas uma vez por ano, mas a responsabilidade social e o compromisso dessas agremiações com a comunidade são honrados durante todo o ano. Prova disso são as ações executadas pelas agremiações do Espírito Santo no combate ao novo coronavirus.

A campeã do carnaval capixaba, a Independente de Boa Vista, está confeccionando máscaras para serem distribuídas para a população do município. A iniciativa é fruto de uma parceria entre a agremiação e a Secretaria Municipal de Cultura de Cariacica.

A produção das 5.600 máscaras está sendo feita de forma voluntária nas casas dos costureiros e aderecistas da agremiação, que estão seguindo a recomendação de isolamento social por conta da pandemia.

"Seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, elas estão trabalhando de casa porque, se fosse outra situação, estariam no barracão. Estamos muito felizes pela oportunidade de contribuir mais uma vez com a cidade que sempre esteve ao nosso lado na alegria do carnaval", resumiu o presidente e intérprete da Boa Vista, Emerson Xumbrega.

As máscaras serão entregues gratuitamente, a partir da próxima semana, nas 28 unidades de saúde do município, sendo 200 máscaras para cada unidade. A escola também está recebendo doações de tecidos em 100% algodão e TNT para que produza mais máscaras. O contato é (27) 99925-1116.

QUENTINHAS NO JABURUNA

Já a Mocidade Unida da Glória (MUG) intensificou o projeto social da escola, o MUG do Futuro, nesta época de isolamento social, para manter os integrantes da comunidade em casa. A agremiação está produzindo e distribuindo marmitas para os moradores do bairro Jaburuna no período noturno.

A MUG está arrecadando todo tipo de alimento. Além dos não perecíveis, a agremiação também precisa de sal, temperos, legumes, verduras e carnes. As doações são recebidas das 8h às 20h, na quadra da escola (Rua Mourisco, S/N, Glória, Vila Velha). Também há a opção de doar em dinheiro, pelo PicPay da escola.

O projeto foi criado pelo próprio presidente, Robertinho da MUG, que convocou os 12 voluntários e colocou toda a estrutura de cozinha da quadra à disposição.

“A MUG não é só carnaval. O povo do samba tem essa vocação de ajudar o próximo e com a gente não seria diferente, principalmente nesse momento em que começa a faltar a comida na casa das pessoas", declarou Robertinho.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.