ASSINE

Quem antecipou um salário mínimo no auxílio-doença recebe agora a diferença

Trabalhador que deu entrada no benefício estava recebendo um valor menor do que teria direito até que o pedido fosse analisado pelo INSS

Publicado em 03/09/2020 às 17h48
INSS - Previdência Social
INSS vai começar a pagar a diferença que segurados têm direito. Crédito: Carlos Alberto Silva

Os segurados da Previdência Social que receberam antecipação do auxílio por incapacidade temporária, antes chamado auxílio-doença, terão o benefício reconhecido em definitivo. Ou seja, quem recebeu o adiantamento no valor de um salário mínimo (R$ 1.045), mas teria direito a um benefício maior, receberá a diferença sem a necessidade de novo requerimento.

O pagamento será efetuado aos beneficiários no mês de outubro pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), conforme apuração dos valores a serem processados pela Dataprev.

A medida abrange as antecipações em que o afastamento tenha se encerrado até o dia 2 de julho deste ano.

O beneficiário que requereu a antecipação e que tenha direito ao pagamento da diferença poderá acompanhar o status do crédito, bem como os valores, através do Meu INSS e telefone 135.

A Portaria Conjunta nº 53 da Secretaria de Previdência do Ministério da Economia e do INSS, publicada nesta quinta-feira (3/9), autoriza o processo de confirmação da concessão do benefício por incapacidade temporária requerido, com base na Lei nº 13.982/2020, em razão da emergência de saúde pública da covid-19.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Inss Previdência do ES doenca previdência

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.