ASSINE

Petrobras coloca à venda duas áreas de exploração de petróleo no ES

A companhia detém 50% de participação em cada um dos blocos que ainda não iniciaram a produção comercial, em parceria com a Cowan Petróleo e Gás, que é a operadora e detém os 50% restantes

Publicado em 03/12/2019 às 19h45
Produção de petróleo em terra: Petrobras vai vender blocos. Crédito: Petrobras/Divulgação
Produção de petróleo em terra: Petrobras vai vender blocos. Crédito: Petrobras/Divulgação

Petrobras anunciou na noite desta terça-feira (3) que deu início ao processo de venda de mais dois blocos exploratórios de petróleo na Bacia do Espírito Santo. A estatal começou a etapa de divulgação da oportunidade para venda de sua participação em dois blocos em terra localizados em Linhares, no Litoral Norte do Estado.

A companhia detém 50% de participação em cada um dos blocos, em parceria com a Cowan Petróleo e Gás, que é a operadora e detém os 50% restantes. Blocos exploratórios são áreas que ainda não iniciaram a produção comercial e que estão na fase de estudos quanto a viabilidade de produção de petróleo e gás.

As concessões ES-T-506_R11 e ES-T-516_R11, que contemplam os blocos ES-T-506 e ES-T-516, respectivamente, foram adquiridas na 11ª Rodada de Licitações da ANP, e os contratos foram assinados em 2013. Estão atualmente no primeiro período exploratório.

O teaser, que contém as principais informações sobre a oportunidade, bem como os critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes, está disponível no site da Petrobras. As ofertas deverão ser feitas por bloco, separadamente.

Em comunicado ao mercado, a Petrobras afirmou que a venda "está de acordo com as diretrizes para desinvestimentos da Petrobras e com as disposições do procedimento especial de cessão de direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos, previsto no Decreto 9.355/2018".

A companhia ainda reforçou que "essa operação está alinhada à otimização do portfólio e à melhora de alocação do capital da companhia, visando à maximização de valor para os acionistas".

OUTRAS ÁREAS À VENDA NO ES

Além desses dois blocos exploratórios, a Petrobras tem outros processos de desinvestimento em aberto no Estado. O maior engloba a venda de suas participações em concessões de exploração e produção terrestre de 27 campos no Espírito Santo.

Além desses campos, que já estão maduros (com longo tempo de vida longa), a venda inclui as instalações compartilhadas de escoamento e tratamento de produção localizados no Espírito Santo nos municípios de São Mateus, Jaguaré, Linhares e Conceição da Barra, denominadas conjuntamente Polo Cricaré.

A estatal é operadora com 100% de participação em todos os contratos de concessão, que compreendem os seguintes campos: Biguá, Cacimbas, Campo Grande, Córrego Cedro Norte, Córrego Cedro Norte Sul, Córrego Dourado, Córrego das Pedras, Fazenda Cedro, Fazenda Cedro Norte, Fazenda Queimadas, Fazenda São Jorge, Guriri, Inhambu, Jacutinga, Lagoa Bonita, Lagoa Suruaca, Mariricu, Mariricu Norte, Rio Itaúnas, Rio Preto, Rio Preto Oeste, Rio Preto Sul, Rio São Mateus, São Mateus, São Mateus Leste, Seriema e Tabuiaiá.

Produção nos campos de Peroá e Cangoá é feita pela plataforma não habitada PPER-1, localizada a cerca de 50 quilômetros de Linhares. Crédito: Divulgação/Petrobras
Produção nos campos de Peroá e Cangoá é feita pela plataforma não habitada PPER-1, localizada a cerca de 50 quilômetros de Linhares. Crédito: Divulgação/Petrobras

Nesse processo de desinvestimento de ativos de gás, a Petrobras vai vender suas participações nos campos de produção de Peroá e Cangoá e na concessão BM-ES-21. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
petrobras

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.