ASSINE

Governo não vai mais fazer concurso para a ES Gás

Administração da companhia de capital misto ficará nas mãos da BR Distribuidora até que a empresa tenha parte das ações do Estado vendida para a iniciativa privada. Seriam abertos 50 empregos

Publicado em 05/03/2020 às 16h47
Atualizado em 05/03/2020 às 16h47
Gasoduto chegando à UPGN de Cacimbas, em Linhares, no Litoral Norte do Estado. Crédito: Agência Petrobras/Divulgação
Gasoduto chegando à UPGN de Cacimbas, em Linhares, no Litoral Norte do Estado. Crédito: Agência Petrobras/Divulgação

O governo do Estado não fará mais concurso para selecionar funcionários para a companhia de distribuição de gás, a ES Gás. A empresa será administrada pela BR Distribuidora até a conclusão do processo de privatização. O anúncio que o Espírito Santo vai vender parte de suas ações foi feito hoje pelo governador Renato Casagrande. A instituição abriria ainda neste ano 50 vagas em concurso.

Como a BR será contratada para realizar a gestão do negócio, segundo Casagrande, não haverá mais a necessidade de abrir um processo seletivo para empregar mão de obra.

De acordo com a colunista Beatriz Seixas, a decisão de vender parte da companhia foi tomada pelo governador há um mês. Ele justificou que a empresa terá mais condições de ser competitiva se estiver as nas mãos da iniciativa privada.

A previsão inicial era de lançar o edital para o concurso da ES Gás ainda no primeiro semestre de 2020. O governo estava terminando a construção do plano de cargos e salários.

Quando estivesse em plena capacidade de funcionamento, a empresa, se continuasse no modelo de capital misto, teria cerca de 100 funcionário.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.