ASSINE

É servidor federal? Calcule o desconto da Previdência no seu salário

Ferramenta do governo federal mostra como será a aplicação das novas alíquotas após a reforma da Previdência entrar em vigor

Publicado em 23/10/2019 às 11h04

A nova Previdência aprovada nesta terça-feira (22) no Senado vai mudar a forma de contribuição dos servidores federais assim como dos trabalhadores da iniciativa privada. Para o funcionalismo público, as alíquotas serão progressivas e vão variar de 7,5% até 22%. O desconto máximo efetivo, no entanto, será de 16,76%. 

Ferramenta do governo federal permite simular o desconto tanto para servidor quanto dos segurados do INSS. Confira:

Se a reforma for promulgada ainda em outubro, os novos descontos vão começar em fevereiro do ano que vem. Mas se a PEC entrar em vigor apenas em novembro, as novas alíquotas vão passar a ser cobradas em março de 2020.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
aposentadoria reforma da previdência

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.