ASSINE

Com atraso de 14 dias, navio com combustível é descarregado no ES

Segundo a Petrobras, o descarregamento começou a ser feito às 19h deste sábado (12) e ainda não há prazo para os trabalhos serem concluídos

Publicado em 12/06/2021 às 21h18
Força-tarefa integrada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustí­veis (ANP), Procon e Inmetro fiscaliza postos revendedores de combustí­veis em Brasília
Postos em regiões do ES registram falta de combustível. Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um navio com 24 milhões de litros de combustível começou a ser descarregado às 19 horas deste sábado (12) no Porto de Vila Velha. Segundo informações da Petrobras, ainda não é possível saber quando o trabalho será concluído e quando o produto será transportado para os postos capixabas.

O descarregamento estava programado há 14 dias, mas só 40% do combustível  acabou sendo efetivamente descarregado no Porto da Vale. Um atraso no fornecimento de combustível que provocou escassez em estabelecimentos cujos estoques estavam baixos.

Com isto, há uma semana consumidores de algumas regiões do Espírito Santo relatam dificuldade para encontrar gasolina em postos, fato que se agravou a partir da última quinta-feira (10). 

Por nota a petroleira, confirmou a informação e explicou que programou um navio para descarga de 11 milhões de litros no Porto de Tubarão, controlado pela Vale, em 30 de maio. Contudo, apenas no último dia 5 foi possível fazer o descarregamento de cerca de 4,5 milhões de litros devido às condições operacionais e climáticas.

Visando a evitar riscos ao abastecimento, a Petrobras decidiu programar a descarga de 24 milhões de litros, para esta sexta-feira (11), no porto de Vila Velha. É este trabalho que começou a ser executado às 19 horas deste sábado (12) e que ainda não se tem informações sobre o horário em que será concluído ou quando o combustível poderá ser disponibilizado para os postos.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Petrobras Combustível

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.