Cartaz com oferta de cadastro habitacional em Vila Velha é golpe

A Prefeitura de Vila Velha identificou cartazes oferecendo cadastro habitacional para o Programa Casa Verde e Amarela na Região 5, afixados em equipamentos públicos no bairro Barramares, mas afirmou que a informação é falsa e criminosa

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 22/02/2021 às 15h50
Casa Verde e Amarela
Alerta da PMVV informa que oferta de cadastro habitacional é falsa. Crédito: Divulgação | PMVV

Uma informação falsa e criminosa circula em Vila Velha por meio de cartazes espalhados no bairro Barramares, afixados em equipamentos públicos, oferecendo cadastro habitacional . De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade do município, esse cadastro não procede.  "É falsa a informação de que a Prefeitura de Vila Velha está realizando o cadastro habitacional para o Programa Casa Verde e Amarela (novo programa do Governo Federal em substituição ao Programa Minha Casa, Minha Vida) na Região 5. Vamos continuar fiscalizando para identificar quem está ofertando esse serviço de maneira errada e enganosa. Isso é crime e já estamos atuando para identificar os responsáveis”, destaca a secretária Milena Ferrari.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade de Vila Velha informou ainda que conta atualmente com mais de 20 mil inscritos na Faixa 1 do Programa Casa Verde e Amarela, com renda mensal de até R$ 1.800 e que as inscrições foram encerradas desde 2009. Apenas a atualização cadastral segue sendo realizada no setor de habitação e ocorre sempre que há alterações do cadastro como mudança de renda familiar, composição da família, endereço e outros.

Já as faixas 2 e 3 do programa são ofertadas diretamente com a Caixa Econômica Federal e construtoras. Segundo Milena, logo que forem lançados novos projetos habitacionais será retomada a realização de novos cadastros e a população será informada em momento oportuno.

“As pessoas não precisam se preocupar, pois informaremos a população no momento oportuno quando definirmos a retomada do cadastramento habitacional no município”, frisa a secretária.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.