ASSINE

Ainda tem dúvidas sobre o Pix? Veja como fazer uma transferência

A ferramenta entrou em operação em meados de novembro e promete facilitar o dia a dia do usuário. Confira as principais informações do Pix e saiba como usá-lo e quando é possível transferir dinheiro

Publicado em 12/12/2020 às 08h12
Atualizado em 12/12/2020 às 08h12
Transferência de dinheiro online de celular para celular
Transferência de dinheiro online de celular para celular. Crédito: Pixabay/Mohamed Hassan

Mais rápido e simples, o Pix, nova ferramenta de transferências e pagamentos online, criada pelo Banco Central, chegou à população no dia 16 de novembro, e ainda no mês passado, foi utilizado em mais de 32 milhões de transações financeiras no país. São mais de 41,2 milhões de usuários cadastrados, com mais de 92,2 milhões de chaves Pix.

A quantidade de adesões não vem sem motivo. A ferramenta tem diversas vantagens em relação a serviços que já estão no mercado como o TED e o DOC, por exemplo. Entre elas: a disponibilidade de uso 24 horas durante os sete dias da semana, as transações que serão concluídas em até 10 segundos e a gratuidade para pessoa física.

Veja no infográfico abaixo as principais informações, funcionalidades e também como usar o Pix.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Banco Central Pix dinheiro Tecnologia

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.