ASSINE

Vitória registra tendência de estabilização da Covid-19 em julho, diz secretário

Na avaliação do secretário de Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes, isso pode indicar um início de uma fase de recuperação heterogênea, ou seja, não semelhante em todos os municípios capixabas

Publicado em 03/07/2020 às 11h06
Atualizado em 03/07/2020 às 11h31
Nésio Fernandes em coletiva de imprensa
Nésio Fernandes em coletiva de imprensa. Crédito: Divulgação/ Sesa

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, apontou, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (3), que o município de Vitória observou uma "evidência mais clara de estabilização" do novo coronavírus.

Na avaliação do secretário, isso pode indicar um início de uma fase de recuperação heterogênea, ou seja, não semelhante em todos os municípios capixabas.

"Tivemos aqui um fenômeno em Vitória. Entre os quatro municípios da Grande Vitória, aponta uma evidência mais clara de estabilização da doença e podemos viver, ao longo do mês de julho, um início de uma fase de recuperação heterogênea, que pode ocorrer em alguns municípios do Estado. No entanto, o resultado final ainda vai ser de aumento do número de casos no Espírito Santo", analisou.

Nésio pontuou ainda que a pasta observa uma manutenção do número de óbitos, mas sem uma redução sustentável. "Temos tido uma manutenção do número de óbitos por dia no último período. Ainda não temos uma redução sustentável dos óbitos e pacientes graves e temos apresentado um crescimento do número de casos novos por causa do crescimento no interior e por mais testes sorológicos realizados no Estado", disse.

O secretário, alertou, porém que dois fatores podem colocar em risco essa estabilização. "Existem riscos que podem comprometer a estabilização na Grande Vitória, que é a chegada do inverno, a prevalência de dias mais frios e chuvosos e a redução do isolamento social", explicou.

O Espírito Santo atingiu a marca de 50.242 casos e 1.727 mortes por Covid-19 na tarde desta quinta-feira (02). De acordo com as informações atualizadas no Painel Covid-19, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), a doença provocada pelo novo coronavírus foi responsável por 35 óbitos e por infectar 1.421 pessoas só nas últimas 24 horas.

A quantidade de pacientes curados também aumentou. Um total de 30.332 pessoas conseguiram vencer a batalha contra a Covid-19. A taxa de letalidade no Espírito Santo é de 3,44%. Até o momento, 113.375 testes da doença já foram realizados em todo o Estado.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.