ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Vídeo mostra bar aberto e aglomeração na Rua da Lama, em Vitória

A Polícia Militar afirmou que realizou o patrulhamento, mas que os agentes não constataram nada de ilícito. Já a Prefeitura de Vitória informou que não recebeu denúncias sobre o local na madrugada deste domingo

Publicado em 16/08/2020 às 22h22
A imagem mostra várias pessoas reunidas em um bar no meio de uma rua em Jardim da Penha
Várias pessoas se juntaram em frente a bar na Rua da Lama, em Vitória. Crédito: Internauta

De acordo com o último Mapa de Risco, desenvolvido pelo Governo do Estado e que determina as ações adotadas por cada município em relação à pandemia do coronavírusVitória segue em risco moderado. Isso significa que bares continuam com o funcionamento proibido na Capital.

Um vídeo recebido pela reportagem de A Gazeta, porém, mostra várias pessoas reunidas em um bar na Rua da Lama, em Jardim da Penha, aglomeradas e bebendo. A pessoa que registrou a imagem, e que é moradora da região, afirmou que não é a primeira vez que o estabelecimento funciona como se não houve uma crise sanitária e restrições para determinadas atividades.

"Ao longo da pandemia, os bares fecharam todos, mas, neste mês, voltaram a abrir. Na última semana, começou a vir uma quantidade maior de pessoas a partir de quinta-feira (13). Começa entre 22h e meia-noite e termina sempre umas 4h . Ontem, veio aquela quantidade de gente que está no vídeo", relata.

O Decreto Estadual, publicado no Diário Oficial do Espírito Santo no dia 10 deste mês, afirma que, em municípios classificados pelo Mapa de Risco como "moderado", o funcionamento de bares está proibido. 

A Polícia Militar afirmou que, na madrugada deste domingo (16), recebeu uma denúncia de que havia pessoas aglomeradas em frente a um estabelecimento, fazendo uso de álcool e entorpecentes, em Jardim da Penha. Mas, segundo a assessoria da corporação, agentes realizaram o patrulhamento no local e não constataram nada de ilícito.

Questionada pela reportagem sobre o cumprimento do Decreto Estadual, a PM informou que atua em apoio aos agentes municipais, no sentido de garantir as medidas administrativas de competências das prefeituras. A nota cita também que são feitas as orientações relativas aos cuidados que devem ser adotados,  como o distanciamento social, mas sempre em apoio aos agentes das prefeituras.

A Polícia Militar acrescentou que o fechamento de bares e demais comércios não é  de competência da corporação, mas das prefeituras que, segundo a PM, se valem de instrumentos próprios para impor sanções a quem viole as regras previstas pela legislação.

A Prefeitura de Vitória, por sua vez, assegurou que a equipe integrada de fiscalização da Secretaria de Desenvolvimento da Cidade (Sedec) realizou ação em Jardim da Penha na sexta-feira (14), e que o bar funcionava de forma regular. A nota ainda ressalta que a prefeitura não recebeu denúncias de irregularidades no bairro na madrugada de sábado (15) para domingo (16).

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.