ASSINE

Perdidos em mata, cachorros são resgatados em penhasco no ES; veja vídeo

Dod e Sam sumiram na quinta (16) e só foram encontrados na noite de sexta (17), após horas de buscas debaixo de chuva e em meio ao frio de Domingos Martins

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 24/09/2021 às 08h52
O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins
O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins. Crédito: Arquivo pessoal/Montagem A Gazeta

O resgate de dois cachorrinhos perdidos mobilizou uma equipe de voluntários de uma ONG no município de Domingos Martins, na Região Serrana do Espírito Santo. Dod e Sam, dois cães da raça Golden Retriever, sumiram em uma área de mata, em cima de uma montanha, próximo à cidade na última quinta-feira (16) e só foram encontrados na noite do outro dia, na sexta-feira (17), depois de buscas que envolveram até o Corpo de Bombeiros.

A dona de Dod e Sam, Gabrielle Santana Machado, contou que deu falta dos cachorros por volta das 6h da quinta-feira, logo quando acordou para trabalhar. Ela fez buscas pela região de bicicleta para tentar achar os cachorros, mas não os encontrou. Após ir para o trabalho, novamente, na hora do almoço, tentou encontrar os cães, mas sem sucesso. À noite, ainda sem localizar os animais, a preocupação de Gabrielle só aumentava.

"Foi dando 17h, eu postei no Instagram e muitas pessoas sensibilizadas entraram em contato, dizendo que ouviram eles latindo o dia inteiro na mata que fica em frente à Praça da Biquinha. Então, umas 18h, eu e o Lúcio, o rapaz que dá banho neles, fomos até esse local e começamos a fazer mais uma busca. Mas, como estava escurecendo, tudo foi dificultando mais ainda. Às 21h, começou a chover e os dois começaram a chorar. O Lúcio me chamou para ir embora, para voltarmos no outro dia", contou.

O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins
Dod e Sam são companheiros fiéis de Betina, filha de Gabrielle, de apenas 5 anos. Crédito: Arquivo Pessoal

Na sexta-feira, Gabrielle acionou o Corpo de Bombeiros, que chegou a fazer buscas, mas não encontrou os cachorros. E é aí que entram os voluntários da ONG Amar.

O RESGATE

A missão não foi moleza não. Afinal, Dod e Sam estavam em uma mata fechada e o tempo não contribuiu: os cachorrinhos chegaram a pegar chuva enquanto ficaram perdidos. O resgate foi feito por uma equipe da Associação Martinense e Florianense dos Animais de Rua (Amar).  Um dos integrantes, Diogo Endlich de Oliveira, que foi quem achou Dod e Sam, explicou que foram moradores da região que entraram em contato com a associação, dizendo que estavam ouvindo os cachorros latindo.

"Temos um grupo no WhatsApp e o pessoal começou a falar sobre esses cães latindo na mata que fica perto da rodoviária de Domingos Martins. Eles disseram que todo mundo estava ouvindo eles, mas ninguém via, não dava pra saber onde estavam, pois é muito íngreme, de difícil acesso. Falaram que, na parte da manhã, ligaram para os Bombeiros e eles estiveram no local, mas desceram sem os cães", contou.

Resgate de cachorros mobiliza voluntários em Domingos Martins

A partir daí, uma equipe de voluntários foi mobilizada para conseguir encontrar os cachorros. Diogo contou que, por ser uma mata fechada, ele levou facão, lanterna, uma corda, comida e água, pois sabia que a empreitada poderia ser complicada. Uma outra equipe da Amar ficou na base da montanha dando orientações via WhatsApp, para ninguém se perder durante as buscas. Depois de mais de uma hora, Diogo finalmente conseguiu achar Dod e Sam.

"Depois de uma hora e meia subindo, eu cheguei até onde os cães estavam e pude observá-los. Estavam logo abaixo de mim, mas só consegui descer com a corda, pois era muito íngreme. Alimentei e dei água pra eles, e fiquei em contato com o pessoal que estava na base, pois eram dois cães muito grandes, da raça Golden. Eles já estavam bem fracos, o pessoal falou que estavam lá há mais de 48 horas, sem comida e sem água", contou.

Diogo Endlich de Oliveira

Voluntário

"Nem imagino como foram parar naquele local. É muito alto e, pra chegar, é muito complicado. Sair dali com os cães seria impossível sozinho"

Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins

O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins
O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins
O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins
O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins
O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins. Arquivo Pessoal
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins
Resgate de cachorros mobilizou equipe de voluntários em Domingos Martins

Para auxiliar Diogo na descida com os cachorros, a equipe da Amar chamou três praticantes de rapel: Diogo (sim, tem outro Diogo na história), Gustavo e Zangão. Eles conseguiram chegar onde Diogo estava e ajudaram a descer com os equipamentos que ele tinha levado, além de subir com os cachorros para uma área de acesso mais fácil da montanha, onde equipes do Corpo de Bombeiros estavam. O resgate foi concluído com a ajuda da corporação, para a alegria da dona de Dod e Sam.

"Quando chegamos embaixo, a dona deles, Gabielle, já estava nos aguardando. Daí ela pediu se podia me dar um abraço, e também agradeceu a todo mundo que participou. Os cães, quando viram ela, também ficaram extremamente alegres", completou Diogo.

"AINDA EXISTEM PESSOAS BOAS NESSE MUNDO"

Gabrielle fez questão de agradecer Lorraine, Arruda, Gustavo, Diogo, Cláudia, Maristela e Patrícia, os voluntários da Amar que ajudaram nas buscas e a quem ela chamou de anjos. Ela disse que Dod e Sam nasceram junto com sua filha, Betina, de 5 anos. Os cães são companheiros fiéis da menina, que sentiu a falta dos animais enquanto eles estavam perdidos.

Gabrielle Santana Machado

Tutora dos animais 

"Sou eternamente grata a todos! Ainda existem pessoas boas nesse mundo. O que mais me deixou feliz foi o meu reencontro com o Dod e Sam. O Sam ficou tão feliz ao me ver que chorou e me lambeu no rosto inteiro, ali, naquele momento, eu senti como eles estavam gratos por tudo"

"Betina, tem 5 anos, ela nasceu e foi criada com eles, sentiu falta sim", finalizou.

O resgate de dois cachorros em uma mata mobilizou voluntários em Domingos Martins
Dod e Sam nasceram na mesma época que Betina e fizeram falta à menina no tempo que estiveram desaparecidos. Crédito: Arquivo Pessoal

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.